Jornalistas lançam newsletter focada no noticiário do RS

Marta Teixeira | 12/03/2019 17:28

Com foco no noticiário sobre Porto Alegre e o Rio Grande do Sul, um grupo de jornalistas lançou a newsletter Matinal News. Distribuída gratuitamente, de segunda a sexta-feira, por volta das 7h, a comunicação reúne os principais destaques do dia nas regiões citadas. 

Crédito: Divulgação

À frente do projeto estão os jornalistas Paulo Serpa Antunes, ex-Jornal do Comércio, Tiago Medina, que trabalha no Correio do Povo, e Filipe Speck, ex-RBS com passagem pela redação do Zero Hora e professor da PUC-RS. Projetos bem-sucedidos como o Canal Meio, o a-nexo, do Nexo Jornal, e os briefings diários do The New York Times serviram de inspiração para o Matinal. 


Speck explica que o envio por e-mail foi escolhido não apenas por já ter comprovado seu potencial de sucesso nas iniciativas anteriormente citadas. Segundo ele, esse formato de distribuição atende o leitor por estar em plataforma de fácil acesso (o e-mail) e criar, em uma linha com contextualização, a sensação de satisfação com a leitura.  


O fato de não haver iniciativas semelhantes na região também contribui para a decisão de criar a startup. A percepção de que havia um nicho a ser explorado nasceu do fato de que, em geral, os jornais locais focam mais no próprio portal e que suas newsletters são enviadas somente com o título, sem contexto, diferentemente do objetivo do Matinal, que é oferecer uma contextualização para seus leitores compreenderem melhor o que acontece na região. 


Inicialmente, a equipe se resume aos três idealizadores. Para a elaboração da newsletter é feita uma curadoria do material a ser enviado, que segue acompanhado de um texto breve que ajudam o leitor a compreender porque essa notícia é importante, e o link da página original da matéria. 


Dependendo de como o projeto avançar, o trio pretende reforçar o grupo. A nova equipe ficaria focada na função que os idealizadores consideram fundamental: agregar o máximo de contextualização possível ao conteúdo selecionado para distribuição. 


Em uma segunda etapa, a meta é produzir conteúdo próprio focado no noticiário local, nem sempre priorizado pela mídia tradicional. Posteriormente, o projeto avançaria para a criação de um portal. 


"Mas antes queremos validar essa primeira etapa. Temos dois objetivos: O primeiro é experimentar o formato e verificar o retorno de engajamento, a audiência, que é muito importante. O segundo objetivo é ver se conseguimos retorno financeiro e colocar como modelo de negócios", explica Speck, ao Portal IMPRENSA.

Leia também:

Bandsports estreia telejornal e faixa de séries esportivas
O Globo lança plataforma com conteúdos sobre temas femininos e diversidade