Site francês diz que é falsa declaração atribuída a jornalista criticada por Bolsonaro

Redação Portal IMPRENSA | 12/03/2019 15:38

O site francês Mediapart usou sua conta no Twitter para dizer que são falsas as informações publicadas no blog de Jawad Rhalib, abrigado em sua página. O texto em questão atribuía à jornalista Constança Rezende, do jornal O Estado de S. Paulo, declaração que ela nunca havia feito. 

Crédito: Reprodução

A publicação francesa afirmou se solidarizar com a jornalista brasileira e disse que "o artigo é de responsabilidade do autor e o blog é independente da redação do jornal". Em sua postagem, Rhalid disse que a jornalista havia admitido a intenção de prejudicar o senador Flávio Bolsonaro (PSL), filho do presidente da República, assim como a seu pai. 


O site Terça Livre, de apoiadores do presidente, reproduziu o conteúdo do blog e divulgou a gravação onde supostamente estaria a declaração. Contudo, em momento nenhum do áudio a jornalista faz a declaração que lhe foi atribuída. O texto da publicação brasileira foi produzido por Fernanda de Salles Andrade, que trabalha na assessoria do deputado estadual por Minas Gerais, Bruno Engler (PSL). 


O presidente Jair Bolsonaro divulgou a gravação em seu Twitter pessoal, acrescentando críticas a Constança. 


Leia também:

Bolsonaro compartilha texto que atribui declaração falsa a repórter do Estadão

SIP questiona governo americano sobre lista secreta que ameaça liberdade de imprensa na fronteira