Sean Penn vai à Turquia gravar documentário sobre jornalista assassinado

Redação Portal IMPRENSA | 06/12/2018 09:30

A história do jornalista saudita Jamal Khashoggi será transformada em documentário pelo ator americano Sean Penn. O americano está em Istambul, na Turquia, local onde o profissional de imprensa foi assassinado no dia 2 de outubro, dentro do consulado da Arábia Saudita. 

Crédito:Reprodução/Twitter

De acordo com a agência de notícias estatal turca Anadolu, Penn e uma equipe composta por dez pessoas estiveram na frente do consulado saudita filmando. O ator de 58 anos é conhecido por militar em questões políticas e sociais.


Khashoggi era um crítico conhecido da monarquia da Arábia Saudita.Ele havia deixado seu país temendo represálias da casa real. Desde o ano passado, ele morava nos Estados Unidos onde trabalhava como articulista do jornal Washington Posto. 


Apesar de seu assassinato ter sido cometido dentro do consulado e com a participação de agentes de segurança, as autoridades sauditas negam qualquer envolvimento do príncipe regente Mohammed bin Salmán. Até o momento 11 pessoas foram indiciadas pelo caso na Arábia Saudita. 


Leia também:

Tribuna de Indaiá fecha as portas após 63 anos
Repórter de esportes sofre assédio de torcedor durante embarque de jogadores