Assessoria especial cuidará da comunicação de Bolsonaro

Redação Portal IMPRENSA | 04/12/2018 16:15

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) terá uma assessoria especial de comunicação. O órgão será responsável pela gestão de suas redes sociais e pelo atendimento à imprensa.

Crédito:Valter Campanato/Agência Brasil

A criação da assessoria foi confirmada pelo ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, na  segunda-feira (3) durante conversa com jornalistas. As redes sociais foram o veículo favorito de contato de Bolsonaro com seus eleitores durante a campanha e o presidente eleito já afirmou que pretende manter esse relacionamento ativo durante seu mandato.


Por outro lado, a relação de Bolsonaro com a imprensa sempre foi marcada por tensão, desde o tempo da campanha eleitoral. Integrantes de sua equipe de apoio também já chegaram a ofender jornalistas, como no episódio envolvendo o assessor de imprensa que, tão logo ficou confirmada a vitória do candidato no segundo turno enviou mensagem para um grupo do WhatsApp ofendendo os profissionais de imprensa.


O novo órgão estará subordinado diretamente à Presidência da República e não terá ligação com a Secretaria Especial de Comunicação (Secom). Esta cuidará apenas de assuntos relacionados ao governo. Ficará sob sua responsabilidade também a gestão das verbas oficiais de publicidade.

O futuro presidente ainda não definiu quem será seu porta-voz. 


Leia também:

Presidente turco pede extradição dos responsáveis pela morte de jornalista

RedeTV! anuncia a transmissão de programa sobre a Nascar