Trump sugere que EUA criem canal internacional próprio para rivalizar com a CNN

Redação Portal IMPRENSA | 27/11/2018 11:19

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sugeriu que seu país crie a própria emissora internacional para "mostrar ao mundo o que realmente nós somos, GRANDES!". A mensagem foi postada em sua conta no Twitter.

Crédito:Reprodução/Twitter

O alvo, mais uma vez, foi a rede CNN. Em uma sequência de postagens, Trump voltou a atacar a emissora e disse que ante o poderio da voz internacional do canal para retratar o país de uma forma, considerada por ele, como "injusta" pode ser necessário que os Estados Unidos criem o próprio canal.


"Embora a CNN não tenha grandes audiências nos Estados Unidos, fora dos EUA eles têm muito pouca competição. Pelo mundo, a CNN tem uma voz poderosa para retratar os Estados unidos de uma maneira injusta e falsa. Algo precisa ser feito, incluindo a possibilidade de os Estados Unidos começarem nosso próprio canal mundial para mostrar ao mundo o que realmente nós somos, GRANDES!", escreveu o presidente na rede.  


As diferenças entre Trump e a rede americana começaram antes mesmo de sua eleição. Desde que assumiu o posto na Casa Branca, o governante não economiza nas críticas e acusações ao canal que considera seu inimigo.


Leia também:

Demitida por comentário racista, âncora americana receberá indenização milionária

Com futuro incerto, EBC abre Plano de Demissão Voluntária nesta terça