Crítico do governo, jornalista saudita desaparece na Turquia

Redação Portal IMPRENSA | 04/10/2018 16:34
O jornalista saudita, Jamal Khashoggi, está desaparecido desde quarta-feira, quando esteve no consulado da Arábia Saudita localizado em Istambul, na Turquia. Segundo sua namorada, ele não saiu da instalação. Por isso, o Ministério das Relações Exteriores turco pediu nesta quinta-feira explicações ao embaixador saudita. 

Crédito:Pixabay
"Segundo as informações das quais dispomos, esse cidadão saudita está no consulado em Istambul", afirmou o porta-voz do governo turco, Ibrahim Kalin.

De acordo com a agência EFE, além da namorada, colegas de profissão afirmaram que o jornalista não saiu do prédio do consulado, onde teria ido buscar documentos. Khashoggi, de 59 anos, é conhecido por ser um crítico do regime político de seu país e publicou vários artigos de opinião sobre o assunto no jornal americano "The Washington Post". O jornalista mora desde 2017 nos Estados Unidos.