Acusado de ameaçar matar jornalistas é preso com arsenal em casa, mas paga fiança e está livre

Redação Portal IMPRENSA | 31/08/2018 09:43
Um homem acusado de ameaçar matar jornalistas do Boston Globe foi preso pelo FBI nesta quinta-feira, com mais de 20 armas em casa. No entanto, já está livre novamente depois de pagar fiança de US$ 50 mil (R$ 209 mil).

Crédito:Mark Ralston / AFP/ Getty Images
Chain terá de comparecer a audiência em Boston e pode pegar cinco anos de prisão se for condenado

A informação foi divulgada pelo próprio Boston Globe. Robert Darrel Chain, 68 anos, é suspeito de fazer aproximadamente 14 telefonemas ameaçadores ao jornal neste mês de agosto. Ele foi preso na manhã de quinta-feira, em sua casa, na cidade de Encino, na Califórnia. O arsenal encontrado no local chamou a atenção da equipe da SWAT, do FBI, responsável pela busca.

Desde o dia 16 de agosto, quando o Boston Globe liderou a campanha contra os ataques de presidente Donald Trump à imprensa, os jornalistas começaram a receber ameaças.

O suspeito acusava os profissionais que atendiam às chamadas de serem “inimigos do povo”, rótulo dado à imprensa por Trump. Ele dizia que iria atirar na cabeça de cada um.

Segundo relatos dos funcionários do Globe às autoridades, o homem prometeu não parar enquanto continuassem os “atos traidores” contra Trump.

Liberado após pagar a fiança, Chain terá de se apresentar ao Tribunal Distrital de Boston no dia 24 de setembro. Se for considerado culpado da acusação, ele pode pegar até cinco anos de prisão e pagar uma multa de US$ 250 mil (R$ 1,1 milhão).

Leia Mais