Jornalista e escritor Nelson Coelho morre aos 76 anos

Redação Portal IMPRENSA | 10/08/2018 13:03

O jornalista e escritor Nelson Coelho morreu na quinta-feira (9), aos 76 anos, vítima de câncer no pulmão. O velório está sendo realizado na Central São João Batista, no bairro de Tambiá, em João Pessoa (PB). O enterro ocorrerá no cemitério Senhor da Boa Esperança ainda nesta sexta-feira.  A informação é do G1 e do Expresso PB.

Crédito:Reprodução/TV Cabo Branco


Coelho iniciou sua carreira jornalística como assessor de imprensa no governo Pedro Gondim, em 1961. No mesmo governo, chegou ao cargo de oficial de gabinete. Em 1966, no governo de João Agripino Filho, exerceu os cargos de assessor, administrador da penitenciária Modelo e assessor geral da Secretaria do Interior e Justiça. Também foi assessor do Promoexport e secretário da Prefeitura de Sapé .


Em 1997, atuou como colaborador do jornal Correio da Paraíba e manteve programas na Rádio Cultura de Guarabira, Rádio Correio da Paraíba e Rádio Arapuan.


Coelho ainda ocupou os cargos de assessor dos governadores Tarcísio Burity e Ronaldo Cunha Lima, diretor técnico e diretor do Jornal A União.


Em 2002, publicou o livro Esquina do Tempo, pela editora A União, na qual era superintendente.


Leia mais

Carla Lacerda e Yago Sales lançam nova edição de ‘Sobreviventes do Césio 137’

Jornalista lança livro sobre diplomata brasileiro que se tornou herói em missão da ONU

Caso de Vladimir Herzog é reaberto pelo Ministério Público Federal