Sindicato denuncia demissões de 15 jornalistas no Guia do Estudante

Marcia Rodrigues | 09/08/2018 18:08

O Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (SJSP) denunciou, nesta quinta-feira (9), a demissão de mais 15 jornalistas na Editora Abril. Dessa vez, o corte foi na redação do Guia do Estudante. 

Crédito:Reprodução internet


É a segunda vez na semana que a editora reduz a quantidade de profissionais da sua equipe. Na segunda-feira (6), o Grupo Abril anunciou o fechamento das revistas Arquitetura e Construção, Boa Forma, Casa Claudia, Cosmopolitan, Elle e Minha Casa e a demissão de cerca de 100 jornalistas.


Em nota, o sindicato afirmou que já entrou com pedido de antecipação de tutela na 61ª Vara do Trabalho de São Paulo contra as demissões na Abril, pois a empresa é alvo de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho para impedir mais dispensa em massa como vem ocorrendo desde o ano passado.


“O que preocupa ainda mais a direção do Sindicato dos Jornalistas é que, em nota oficial divulgada neste 6 de agosto, a Abril afirmou que iria concentrar ‘seus recursos humanos e técnicos em suas marcas líderes’, entre as quais estava o Guia do Estudante, e, três dias depois, a empresa decide fechar o guia e demitir toda a redação da publicação”, disse a nota.


O documento ainda ressaltou que “para a direção do Sindicato, as afirmações da editora não têm qualquer valor porque a própria empresa se contradiz entre o discurso e a prática, o que fica comprovado com mais essa demissão coletiva no Guia do Estudante.”


Procurada, a Editora Abril não se manifestou até a publicação dessa matéria.


Leia mais

Justiça bloqueia R$ 129 mil do Sindicato dos Jornalistas de SP

Editora Abril fecha revistas e demite jornalistas

New York Daily News demite metade da sua equipe