Eleições 2018: projeto colaborativo de jornalismo vai investigar candidatos aos cargos mais relevantes

Redação Portal IMPRENSA | 31/07/2018 12:48

O site Brio lançou um projeto de jornalismo colaborativo para investigar os candidatos aos mais relevantes cargos públicos nas eleições 2018. As inscrições deverão ser feitas até o dia 15 de agosto. Os participantes serão remunerados, conforme a sua apuração jornalística. A informação é do Brio e do IjNet.

Crédito:Pixabay


O Brio Escavadores vai levantar documentos como registros de imóveis, empresas, processos e outros registros que indiquem conflito de interesse.


“Vamos atrás do político carismático que bate na mulher, vamos buscar o registro da fazenda mantida secretamente pelo candidato que se declara com patrimônio classe média, vamos em busca de quem sonega imposto, vamos aos registros cartoriais de empresas registradas em nome de parentes para ocultar patrimônio, vamos escavar para descobrir o Brasil escondido por trás de promessas bonitas e discursos moralistas”, diz o texto do Brio que retrata o projeto.


De acordo com Brio, os participantes aprenderão como buscar informações na Justiça, em cartórios, em juntas comerciais, sistemas online, bases de dados públicas, requisitar informações pela Lei de Acesso à Informação e mais.


A remuneração será feita da seguinte maneira:


•Localização de documentos relevantes sobre o histórico do político;

•Custo de aquisição do documento

•Informações descobertas que embasarem reportagens que serão negociadas com um veículo de comunicação parceiro, também gerarão remuneração para o repórter que descobriu a informação.


Ao todo, uma descoberta que resulte em reportagem publicada no veículo parceiro pode render ao menos R$ 900, por exemplo.


Antes de iniciar o trabalho, os interessados devem assistir ao curso on-line "Como virar uma máquina de pautas - e publicar todas elas" do The Independent no valor de R$ 39.


Para mais informações sobre como participar, clique aqui.


Leia mais

Rede Gazeta abre inscrições para curso de residência em jornalismo

Agência Mural promove curso de extensão sobre cobertura jornalística nas periferias na Fespsp

Fake news: curso on-line gratuito ensina a checar conteúdo das redes sociais