Fake news: governo acusa televisão Skai por plantar notícias falsas durante os incêndios

Redação Portal IMPRENSA | 27/07/2018 14:47

O governo grego anunciou nesta sexta-feira (27) que iniciará um boicote à cadeia privada de televisão Skai. A informação é do Sic Notícias. 

Crédito:Alkis Konstantinidis


De acordo com o site, a medida é uma resposta a uma fake news divulgada pela rede. As autoridades gregas acusaram a rede de divulgar notícias falsas com o objetivo de "minar o moral daqueles que lutam para reduzir as consequências de uma catástrofe sem precedentes", referindo-se ao fogo que já provocou 82 mortes e 187 feridos, 11 destes em estado crítico, nos últimos dias.


Em comunicado, o governo disse que "a Skai mostrou que continua fiel à sua tradição de provocação. Não vamos acompanhá-la neste caminho".


Os dois partidos da coligação do governo, o Syriza (esquerda) e os nacionalistas Gregos Independentes uniram-se ao boicote.


A Skai, um dos canais de televisão mais populares, sempre foi muito crítica em relação ao Syriza e, desde janeiro de 2015, ao governo liderado por Alexis Tsipras.


A gestão dos incêndios pelo Corpo de Bombeiros e Proteção Civil já provocaram críticas de especialistas.


Leia mais

Fake news: Facebook exclui 196 p?ginas e 97 perfis no Brasil sob acusação de serem falsos

Fake news: robô @fatimabot estreia no Twitter para mapear notícias falsas durante eleições

YouTube lança medidas para valorizar conteúdo jornalístico e combater fake News