New York Daily News demite metade da sua equipe

Redação Portal IMPRENSA | 24/07/2018 12:42

O tabloide americano New York Daily News demitiu metade da sua equipe na segunda-feira (23). As informações são da Reuters, Associação Nacional dos Jornais (ANJ) e El País.

Crédito: MARK LENNIHAN AP


As demissões foram anunciadas por meio de comunicado feito pelo Grupo Tronc, dono da publicação, que alegou declínio da receita publicitária e dificuldade de se adaptar ao meio digital. 


“Estamos reduzindo hoje o tamanho da equipe editorial em aproximadamente 50% e redirecionando grande parte do nosso talento em notícias de última hora, especialmente nas áreas de criminalidade, justiça civil e responsabilidade pública”, disse o comunicado.


O diário de Nova York empregava cerca de 85 jornalistas e as demissões incluem o diretor de redação Jim Rich, e a segunda no comando da equipe, Kristen Lee.


Com 99 anos de atuação e ganhador de 11 prêmios Pulitzer, o jornal foi vendido por Mortimer Zuckerman ao grupo Tronc no ano passado pelo valor simbólico de US$ 1. Na época, o periódico tinha uma dívida de US$ 30 milhões.


De acordo com a reportagem da Reuters, as demissões em Nova York são as mais recentes de uma série de cortes nas propriedades da Tronc. Em abril, a empresa demitiu várias dezenas de funcionários do Los Angeles Times, um mês após cortes em sua principal unidade, o Chicago Tribune.


O Daily News alcançou o seu pico de circulação, de 2,4 milhões de exemplares nos dias da semana, em 1947. Mas a tiragem já havia despencado para 200 mil em 2017, quando Tronc comprou o jornal.


Leia mais

BH Media Group terceiriza gestão de jornais na tentativa de aumentar número de leitores e atrair mais anunciantes

‘Diário de Notícias’ de Portugal terá versão impressa somente aos domingos

Correio da Bahia, Jornal do Commercio e O Povo vão compartilhar conteúdo