SporTV orientava a falar mal de clubes que assinaram com EI, diz ex-comentarista

Redação Portal IMPRENSA | 25/01/2018 11:40
O jornalista esportivo Luiz Ademar Campos Júnior afirmou nesta quarta-feira (24), em uma discussão no Twitter, que a Globo orientava os jornalistas do canal SporTV, onde ele trabalhava até outubro passado, de falarem mal de todos os clubes que assinaram contratos de transmissão com o Esporte Interativo.

Crédito:Reprodução/Twitter/23.jul.2016
20180125 LUIZ ADEMAR SPORTV


Atlético Paranaense, Bahia, Ceará, Coritiba, Criciúma, Figueirense, Fortaleza, Internacional, Joinville, Palmeiras, Paraná, Paysandu, Ponte Preta, Santos, Sampaio Correa e Santa Cruz são os clubes que fecharam acordos de transmissão em televisão fechada para o Campeonato Brasileiro a partir de 2019. 

Em uma conversa com um perfil de torcedores do Palmeiras no Twitter, Luiz Ademar comentou que não acompanhava mais a programação do SporTV desde sua saída do canal. “Amigos, sinceramente, depois da minha saída, nunca mais assisti a programação do canal. Os programas estão cada vez piores. Pegam gente de fora do futebol, com nome em outras áreas, e deixam vomitar merdas. São os 'modernos'”, criticou o jornalista.

Ele prosseguiu os comentários, desta vez sugerindo que o SporTV experimentava queda na audiência das transmissões da Copa São Paulo de Futebol Júnior, principal competição de futebol masculino sub-20 do país, por conta das críticas que o canal fazia aos times que assinaram acordos de transmissão esportiva com o Esporte Interativo. “A audiência desabou. É pior na história da Copinha. Os programas desabaram. Os modernos que fizeram as mudanças estão com o pescoço na guilhotina. Os gênios que pedem para falar mal dos clubes que não assinaram com o canal vão dançar. Não assistir o canal é a melhor arma.”

Ao ser indagado sobre quem teria pedido para falar mal dos clubes, Luiz Ademar foi enfático. "Claro que pediram! E eu disse que sou jornalista e não entendo nada de negócios. Falaram que o meu emprego dependia disso. E voltei a falar: sou jornalista e falo o que julgo correto. Não sei se esse foi o motivo, mas fui atingido no corte! Sem problemas!”

Crédito:Reprodução/Twitter
20180125 TWITTER LUIZ ADEMAR


Jornalista que costumava comentar partidas de equipes paulistas no canal Premiere e participar frequentemente do programa "Seleção SporTV", Luiz Ademar foi dispensado do canal em uma leva de demissões que atingiram vários profissionais do esporte da Globo no fim do ano passado.  Na conversa pelo Twitter, o ex-comentarista disse que foi demitido justamente por não aceitar as orientações da sua antiga empresa. “Pediram para não alisar com os clubes que não assinaram. Todos. Mas como nunca fiz e disse que era jornalista e não executivo, desistiram de mim. Em todos os sentidos….. rsrsrsrsrs”

Procurada pelo portal IMPRENSA, a assessoria de comunicação do SporTV ainda não se manifestou das acusações feitas por Luiz Ademar.