Manifestantes lançam tinta vermelha contra prédio da Globo no Rio de Janeiro

Redação Portal IMPRENSA | 24/01/2018 16:00
Manifestantes acampados em frente a um prédio da Rede Globo, no Rio de Janeiro, arremessaram na tarde desta quarta-feira (24) tinta vermelha contra o letreiro externo da emissora e no interior da portaria do edifício. 

Crédito:MST/Levante Popular da Juventude
20180124 SEDE GLOBO RIO TINTA VEREMELHA


"Um julgamento como esse exige uma resposta radical. Precisamos mostrar que o povo não aceitará uma condenação com cartas marcadas. Criou-se um espetáculo jurídico com nítida sustentação da rede Globo. O judiciário não sustentaria tanta inconstitucionalidade se não fosse a emissora agindo por traz para se favorecer. Enquanto existir Globo, não haverá democracia" afirmou Paulo Henrique, identificado pelo portal UOL como membro de um coletivo da juventude do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Procurada pelo portal IMPRENSA, a assessoria de comunicação do Grupo Globo ainda não se manifestou sobre o assunto.

Leia também:
Equipe de TV da Band é expulsa de ato pró-Lula em Porto Alegre
Falha técnica faz Bandnews anunciar condenação de Lula antes de sair a decisão