Facebook vai tirar páginas e marcas do feed principal

Redação Portal IMPRENSA | 12/01/2018 12:00

A rede social Facebook mudará seu modelo de feed de notícias, que passará a dar prioridade aos conteúdos publicados pessoais e familiares em vez de notícias e anúncios de empresas, marcas ou meios de comunicação.


Crédito: Divulgação/Facebook



O anúncio das alterações foi feito na noite desta quinta-feira (11) por Mark Zuckerberg, presidente executivo e fundador da empresa, em um comunicado que publicou na própria rede social. Ele justificou que as mudanças são para melhorar e tornar mais valiosas as experiências dos utilizadores da rede social.


"No seu melhor momento, o Facebook foi sempre sobre conexões pessoais. Ao se concentrar em aproximar as pessoas - seja com a família e os amigos, ou em torno de momentos importantes do mundo - podemos ajudar a garantir que [usar] o Facebook seja um tempo bem passado."


Testes com o novo formato do feed, que é a principal seção do Facebook (onde aparecem os posts de amigos e grupos quando se abre o website ou aplicativo), vinham sendo realizados em países como Bolívia, Camboja, Eslováquia, Guatemala, Sérvia e Sri Lanka, que sentiram, de imediato, a queda de visualização nas suas publicações orgânicas.


Leia também:

Facebook pode tirar páginas e marcas do feed principal

Atualização do Facebook marca a volta de gigantes do jornalismo à plataforma