Cynara Menezes deixa "CartaCapital" para se dedicar a blog independente

Redação Portal IMPRENSA | 07/03/2015 10:45

Após quase oito anos na revista CartaCapital, a jornalista Cynara Menezes anunciou sua despedida da mídia impressa para se dedicar exclusivamente ao blog Socialista Morena. O site deixará de integrar o domínio do veículo para se tornar totalmente independente.


“Meu “patrão” a partir deste momento não é nenhuma família tradicional que herdou o negócio de seus antepassados; são os leitores”, destacou a jornalista em seu blog. “É, ao mesmo tempo, uma nova etapa em minha carreira e uma despedida da mídia impressa, à qual me dedico desde 1987. Inicio agora uma experiência jornalística exclusivamente online que será muito prazerosa para mim e, espero, para vocês também”.

Crédito:Alf Ribeiro
Blog de Cynara Menezes terá assinatura mensal e anual

No post a jornalista destaca ainda que pela primeira em sua carreira será pauteira e editora de si mesma e que é fascinante poder escrever apenas sobre temas que a interessam, provocam e emocionam sem a interferência de terceiros, numa comunicação direta com o leitor.

Como forma de obter investimentos para produzir conteúdo, Cynara anunciou também seu novo plano comercial. Nele, os leitores poderão fazer assinaturas mensal ou anual do blog, ou ainda colaborar através de doações via Paypal ou participar de futuros projetos de crowdfunding.


“O Socialista Morena passará por algumas modificações para que seja possível mantê-lo e para que eu possa realizar cada vez mais reportagens, razão de existir do jornalismo. Os leitores poderão assinar o blog (...) mas, de forma totalmente oposta ao que ocorre com os atuais veículos de imprensa, o conteúdo continuará aberto a todos. Ou seja, assinando ou não, todo mundo pode ler”.


Também serão aceitas propostas de anunciantes, contanto que as “empresas privadas respeitem seus trabalhadores, o meio ambiente e que sejam norteadas pela ideia de que todos crescem juntos e não pela exploração do homem pelo homem”.


Leia também
- “Queria criar um blog assumidamente de esquerda”, diz Cynara Menezes
- “As redes sociais têm um potencial de veneno lamentável”, diz Cynara Menezes
- “Com as redes sociais os jornalistas saíram do encastelamento”, diz Cynara Menezes