A pedido de jornalistas, CBF proíbe presença de humoristas em treinos da Seleção

Redação Portal IMPRENSA | 27/04/2010 16:05

Na última segunda-feira (26), o departamento de comunicação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou que humoristas estão proibidos de entrarem em treinos da Seleção Brasileira.

Divulgação 
Rodrigo Paiva

De acordo com o jornalista Rodrigo Paiva, responsável pelo departamento, os próprios jornalistas esportivos pediram o veto, pois as entrevistas com os jogadores estariam sendo prejudicadas.

O técnico da Seleção, Dunga, não teria nenhuma relação com a proibição. "Não houve nenhuma influência do Dunga. Isso não tem nada a ver com a Copa", explicou Paiva ao Terra.

"A convivência não é possível. É muita reclamação por parte da imprensa. Não é dos jogadores, não é da CBF. A imprensa questiona muito essa coisa de show. Não queremos fechar a Seleção para um segmento, mas estava ficando difícil", disse o assessor.

Segundo ele, "a conclusão que a gente chegou é que, por mais que queria ser democrático, sempre vem uma pergunta que é uma piada, uma brincadeira. Vocês (jornalistas) reclamam, então a gente teve que tomar essa decisão".

Leia mais

- Humoristas do "Casseta & Planeta" desistem de cobrir Olimpíadas