Uma maneira diferente de beber: três tendências vão brilhar no newsfeed em 2019, de acordo com o WORLD CLASS

BERLIM, 11 de outubro de 2018 /PRNewswire/ -- O mundo vive à beira de uma revolução dos coquetéis. Aproximadamente um quarto de todos os americanos tomam coquetéis quando saem com os amigos(1), assim como fazem cerca de um quinto dos consumidores do Reino Unido(2). Nos últimos oito anos, a Semana do Coquetel de Londres (London Cocktail Week), o maior festival de drinques do mundo, quadriplicou em tamanho estendendo-se para mais de 230 bares e 30.000 amantes de coquetéis(3). Este ano, bartenders de mais de 56 países dirigiram-se para Berlim para comemorar o décimo aniversário do WORLD CLASS - um dos maiores campeonatos globais de coquetelaria. O resultado desta renascença dos coquetéis representa uma nova ênfase na qualidade ao invés da quantidade.

WORLD CLASS | 11/10/2018 13:00

BERLIM, 11 de outubro de 2018 /PRNewswire/ -- O mundo vive à beira de uma revolução dos coquetéis. Aproximadamente um quarto de todos os americanos tomam coquetéis quando saem com os amigos1, assim como fazem cerca de um quinto dos consumidores do Reino Unido2. Nos últimos oito anos, a Semana do Coquetel de Londres (London Cocktail Week), o maior festival de drinques do mundo, quadriplicou em tamanho estendendo-se para mais de 230 bares e 30.000 amantes de coquetéis3. Este ano, bartenders de mais de 56 países dirigiram-se para Berlim para comemorar o décimo aniversário do WORLD CLASS – um dos maiores campeonatos globais de coquetelaria. O resultado desta renascença dos coquetéis representa uma nova ênfase na qualidade ao invés da quantidade.

Neste fim de semana, enquanto a elite da coquetelaria competia em Berlim pelo título de Bartender do Ano do WORLD CLASS, um painel composto dos principais especialistas em sabor do mundo, apresentado por Lauren Mote, a especialista global em coquetelaria da Diageo e incluindo Jeffrey Morgenthaler, uma lenda da coquetelaria, Elliott Clark (também conhecido como Apartment Bartender), o rei do coquetel Instagrammable, Claire Smith Warner, diretora de novas marcas na Seedlip (a primeira bebida destilada não alcoólica do mundo) e Tim Phillips-Johansson, o Bartender do Ano do World Class 2012, discutiu como será o futuro dos drinques em 2019.

1. Coquetéis com baixo ou nenhum teor alcoólico (ABV na sigla em inglês) 

Pode parecer estranho que entusiastas de coquetéis exaltem os drinques com baixo ou nenhum teor de álcool, mas o ano de 2019 prepara-se para ver inúmeros novos coquetéis com estas características. Seedlip, a bebida destilada sem álcool, vem se fortalecendo cada vez mais desde seu lançamento em 2016. As opções sem álcool são particularmente populares entre jovens consumidores, indicando a probabilidade de 46% dos consumidores com menos de 35 anos pedirem um mocktail (coquetel sem álcool) em comparação a apenas 16% dos maiores de 35 anos4.

Tudo está relacionado ao desejo de se ter opções; optar por drinques para qualquer ocasião, sem comprometer o sabor. Marcas, blenders e bartenders sempre insistiram que o sabor é fundamental, e as opções com baixo teor permitem que consumidores saboreiem o gosto podendo determinar seu consumo de álcool. Em 2019, o WORLD CLASS espera ver o desenvolvimento desta opção com o crescimento contínuo da tendência global direcionada ao bem-estar.

Claire Smith Warner acrescentou: "Existe cada vez mais a conscientização de se considerar coquetéis como experiências tão intrínsecas e cuidadosas como refeições, e mais pessoas querem participar desta experiência. Isto não implica em substituir totalmente os coquetéis alcoólicos; significa a possibilidade de bartenders experimentar e adicionar mais opções com baixo teor alcoólico ao seu repertório".

2. #MyCocktail (#MeuCoquetel)

A cultura da coquetelaria cresceu de forma excepcional e hoje todos os mixologistas preparam uma variedade de coquetéis complicados num piscar de olhos. O WORLD CLASS oferece algumas ideias do que é necessário para que um drinque se destaque.

Muitos recorrem à mídia social, e assim surgiu uma nova geração de 'drinkstagrammers' trazendo uma vitalidade renovada à coquetelaria e atingindo uma plateia que não existia anteriormente. Elliott Clark (@apartment_bartender) disse: "Para pessoas como eu, sem nenhuma experiência formal em coquetelaria, a mídia social abre as portas dessa indústria incrível e oferece uma saída criativa para participar e interagir com uma maior comunidade de drinques. Porém mais do que isso, desafia bartenders sazonais a pensar de forma não convencional, os levando a ser criativos".

Em 2019, a aparência dos drinques será tão importante quanto seu sabor. O reconhecimento da mídia social desempenha um papel importante nos hábitos de beber dos jovens consumidores5, e como resposta, as marcas e os bartenders continuarão a experimentar para levar seus coquetéis e seu alcance social a um patamar totalmente novo.

3. Mantendo o ritmo

O setor dos drinques está nas garras de um movimento contra o desperdício, e os consumidores estão cada vez mais preocupados com a responsabilidade social. 73% dos millennials expressam a vontade de utilizar mais produtos de marcas sustentáveis6. Os melhores bares farão todo o possível para reduzir o desperdício, economizando nos produtos perecíveis e transformando sobras em coquetéis inovadores e ecologicamente corretos.

Tim Philips-Johansson disse: "Pode parecer estranho porque vender álcool é nosso meio de vida, mas bartenders desejam o melhor para nossos clientes e para o meio ambiente. Queremos que nosso mundo seja mais saudável, e isto significa tomar decisões conscientes para influenciar positivamente a direção na qual o mundo está caminhando".

Emily Wheldon, diretora global do World Class, acrescentou: "Seja um Johnnie Walker highball ou um Zacapa Old Fashioned, os drinques com um ótimo visual e um ótimo sabor, que contribuem de alguma maneira para tornar o mundo um lugar melhor, vão ocupar um lugar de destaque.

"Os drinques podem ter um baixo teor de álcool ou desperdício zero, mas se não tiverem um sabor excepcional não vão ser consumidos. É por isso que todas as nossas marcas Reserve, como o Tanqueray No. TEN, Bulleit e Talisker, trabalham juntamente com os bartenders para criar destilados com as necessidades do consumidor em mente. Estamos realmente empolgados por trabalharmos com o melhor talento da área durante a formação e desenvolvimento destas tendências."

Acesse makeitworldclass.com ou WORLD CLASS Instagram para conhecer receitas deliciosas, vídeos de como fazê-las e para detalhes de todas as últimas tendências.

1 Nielsen CGA

2 CGA Mixed Drinks Report 2018 (Relatório de Drinques Mistos da CGA)

3 London Cocktail Week, https://drinkup.london/ 

4 Imbibe, http://imbibe.com/news-articles/spirits-cocktails/cocktails/new-survey-gen-z-pay-more-instagrammable-cocktails/

5 Imbibe, http://imbibe.com/news-articles/spirits-cocktails/cocktails/new-survey-gen-z-pay-more-instagrammable-cocktails/

6 Forbes, https://www.forbes.com/sites/sarahlandrum/2017/03/17/millennials-driving-brands-to-practice-socially-responsible-marketing    

 

 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/755056/WORLD_CLASS.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/755057/WORLD_CLASS.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/755059/WORLD_CLASS.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/755060/WORLD_CLASS.jpg

FONTE WORLD CLASS