Província argentina de Mendoza premiada pela implementação do programa de base de dados de DNA de criminosos

MENDOZA, Argentina, 11 de outubro de 2018 /PRNewswire/ -- O governador de Mendoza Alfredo Cornejo e o procurador geral Alejandro Gullé, receberam o "Prêmio Katie de Herói de Combate ao Crime" por demonstrar seu compromisso com as vítimas e proteger a segurança pública através da implementação de uma base de dados de DNA de criminosos para Mendoza. A DNA Saves, uma organização que defende a criação de bases de dados de DNA de criminosos, concede este prêmio para representantes do governo, os quais reconhecem o poder das bases de dados de DNA para resolução e prevenção de crimes e os quais demonstram liderança para levar estas bases de dados para suas comunidades.

DNA Saves | 11/10/2018 12:54

MENDOZA, Argentina, 11 de outubro de 2018 /PRNewswire/ -- O governador de Mendoza Alfredo Cornejo e o procurador geral Alejandro Gullé, receberam o "Prêmio Katie de Herói de Combate ao Crime" por demonstrar seu compromisso com as vítimas e proteger a segurança pública através da implementação de uma base de dados de DNA de criminosos para Mendoza. A DNA Saves, uma organização que defende a criação de bases de dados de DNA de criminosos, concede este prêmio para representantes do governo, os quais reconhecem o poder das bases de dados de DNA para resolução e prevenção de crimes e os quais demonstram liderança para levar estas bases de dados para suas comunidades.

Em 2016, Mendoza aprovou uma lei que exige que a maioria dos criminosos forneça DNA para o sistema de base de dados de DNA de criminosos da província. Durante o evento de hoje, organizado pelo governador Cornejo, o lançamento oficial desta base de dados de DNA foi anunciado, tornando Mendoza a primeira província da Argentina a ter em operação uma abrangente base de dados de DNA de criminosos.

"Com esta base de dados de DNA, as autoridades de Mendoza poderão solucionar e prevenir alguns dos mais horríveis crimes da província. O governo de Mendoza deveria se orgulhar do que conseguiu realizar para proteger os cidadãos", disse Jayann Sepich, co-fundadora da DNA Saves. Enquanto cinquenta e nove países já implementaram programas nacionais de base de dados de DNA de criminosos, a Argentina ainda não se mobilizou para criar sua própria base nacional de dados de DNA para resolução de crimes. "Com uma base de dados de DNA abrangente agora em operação em Mendoza, chegou a hora do resto da Argentina seguir o exemplo. Vítimas de crime, especialmente vítimas de agressões sexuais e outros ataques violentos, merecem ter a melhor tecnologia disponível de combate ao crime", disse a Sra. Sepich.

"Estamos honrados por recebermos este relevante prêmio, e estamos comprometidos a usar o DNA para proteger nossos cidadãos mais vulneráveis. Estamos ansiosos para trabalharmos com nossos colegas nas outras províncias e com o governo nacional para expandirmos este programa para o resto do país", disse o procurador geral Alejandro Gullé.

Sobre a DNA SAVES:   A DNA Saves é uma organização sem fins lucrativos dedicada à criação e à expansão de programas de base de dados de DNA de criminosos em todo o mundo. A organização foi criada por Dave e Jayann Sepich após o brutal estupro e assassinato de sua filha Katie em 2003. O uso expandido da base de dados de DNA de criminosos teria permitido que o assassino de Katie tivesse sido capturado alguns anos antes. www.dnasaves.org

FONTE DNA Saves