Em livro, jornalista conta detalhes da carreira do repórter Gérson de Souza

Lucas Carvalho* | 31/10/2014 15:30
Gérson de Souza, repórter da TV Record, é o personagem principal de um livro que narra a história de uma espécie rara de jornalista. “Gérson de Souza – Um repórter em extinção” é a biografia oficial do profissional, escrita por André Guimarães, que retrata em detalhes os cerca de 30 anos de carreira do indicado ao Prêmio Esso de Jornalismo de 2014 na categoria “Telejornalismo”.

Crédito:Divulgação
André Guimarães conta a trajetória do colega Gérson de Souza

A obra foi desenvolvida como um trabalho de conclusão de curso (TCC) da Faculdade do Povo de São Paulo (FAPSP), apresentado em 2013. Guimarães conheceu Gérson durante a produção do livro “Mestres da Reportagem” (2012), do qual é coautor. A ideia de fazer um livro-reportagem sobre um outro jornalista acabou não dando certo e logo o repórter do “Domingo Espetacular”, da Record, ganhou sua atenção.

“Não havia nada sobre ele: nada no Google, nada na Wikipedia, nada. E ele é uma pessoa que passou por todos os campos – rádio, jornal impresso, assessoria de imprensa, TV… foi repórter, apresentador… Uma trajetória longa. E, tudo isso, pela simplicidade dele, a maneira como conduz entrevistas, fazendo a pessoa se sentir à vontade. Ele é do tipo de pessoa que se você conversar cinco minutos, já se torna amigo”, comenta o jornalista.

Após diversas conversas e certa insistência, Guimarães finalmente conseguiu a autorização do jornalista para escrever sua biografia. Muitas das mais de 60 entrevistas feitas com colegas e admiradores de Gérson, a partir de contatos que o próprio autor descobriu, um a um, repetiam a expressão que dá título à obra: “um repórter em extinção”.

“Ele possui uma qualidade como repórter que hoje você quase não encontra mais em redações – tanto na TV até em faculdades. Se você analisar, os alunos querem ser apresentadores, ficar na frente da câmera. O Gérson não se importa com isso. Ele é muito simples – não usa gravata, terno, nem sequer maquiagem para fazer gravação. O que ele é na rua é em casa, no trabalho, na padaria, no supermercado”, explica.

Crédito:Divulgação
Há 30 anos Gérson de Souza atua no jornalismo

Guimarães viu seu personagem encontrar inspiração para pautas em panfletos de rua e até em guardanapos de restaurante. Por esse e outros motivos, o jornalista é uma referência para as novas gerações de profissionais. “As pessoas são muito estrelas hoje. Nem todo mundo tem tanta proximidade assim”, argumenta.

O livro levou sete meses para ser produzido. A versão encontrada nas livrarias desde agosto possui também diários de bordo de Gérson, obtidos após a apresentação do projeto como TCC. A obra possui prefácio da diretora de TV Neusa Rocha.

* Com supervisão de Vanessa Gonçalves

Leia também