Papa Francisco se reúne com jornalistas para debater o papel da profissão

Redação Portal IMPRENSA | 22/09/2016 11:00
Na última quarta-feira (22/9), o papa Francisco recebeu cerca de 400 integrantes do Conselho da Ordem dos Jornalistas Italianos. O encontro foi realizado com o objetivo de aprofundar a missão do comunicador na atualidade.

Crédito:Divulgação
Papa se reuniu com membros do Conselho da Ordem dos Jornalistas Italianos


De acordo com a Radio Vaticano, o Papa ressaltou que a Santa Sé também passa por um processo de mudanças em seu sistema comunicativo, com a Secretaria para a Comunicação, que deve virar referência para os jornalistas.

Francisco frisou que o jornalista possui grande responsabilidade, pois escreve "o primeiro esboço da História", gerando debates e interpretações dos eventos. O pontífice disse que é preciso refletir três elementos: amar a verdade, viver com profissionalismo e respeitar a dignidade humana.

Para o papa, o jornalismo deve distinguir os fatos, sobretudo nos embates políticos e conflitos. Francisco reforçou o papel do jornalista de se aproximar da verdade e jamais noticiar algo que não corresponde à realidade.

"O jornalismo não pode se tornar uma ‘arma de destruição’ de pessoas e, até mesmo, de povos. Nem deve alimentar o medo diante de mudanças e fenômenos como as migrações forçadas pela guerra ou pela fome", declarou.

Leia também: