"Charlie Hebdo" recebe novas ameaças; autoridades francesas investigam o caso

Redação Portal IMPRENSA | 30/06/2016 09:00


O jornal satírico francês Charlie Hebdo virou alvo de novas ameaças. Integrantes da publicação denunciaram ter recebido mensagens que sugerem a possibilidade de novas ações contra a redação.

Crédito:Reprodução
Autoridades francesas investigam as novas ameaças contra o semanário

De acordo com o Le Parisien, que cita fontes próximas às investigações, as ameaças foram feitas pelo Facebook e na sede do semanário. As intimidações foram relatadas por membros da equipe para as autoridades locais.

Em 7 de janeiro de 2015, os irmãos Said e Chérif Kouachi invadiram a redação do Charlie Hebdo e mataram 11 pessoas, incluindo cinco cartunistas. Depois de saírem do local, assassinaram um policial muçulmano.

Leia também