Após fim dos nudes, "Playboy" americana está à venda por US$ 500 milhões

Redação Portal IMPRENSA | 28/03/2016 15:30
A Playboy Enterprises, proprietária da revista Playboy nos Estados Unidos, está à venda, segundo uma fonte ligada ao The Wall Street Jounal.

Crédito:Reprodução
Revista está à venda por US$ 500 milhões

De acordo com O Estado de S. Paulo, a notícia ocorre logo após a revista confirmar que não terá mais ensaios nus, mudando a linha editorial da marca. A famosa Mansão Playboy também será negociada.

A empresa está avaliada em US$ 500 milhões e o banco de investimentos Moelis & Co. assessora a transação. Nem o banco e nem a empresa quiseram comentar o assunto. 

A Playboy foi fundada em 1953 pelo empresário Hugh Hefner. Segundo o The Wall Street Jounal, em 2015, a empresa gerou US$ 38 milhões em mídia e US$ 55 milhões em licenciamento da marca para outras empresas. 

No Brasil, a revista continuará publicando ensaios com nudez pela editora paranaense PBB Entertaiment. A revista deixou o portfólio da Editora Abril após 40 anos.