Para reduzir custos, BBC prepara fusão dos serviços de TV e rádio

Redação Portal IMPRENSA | 16/02/2016 09:30
A emissora pública britânica BBC prepara uma "reorganização radical". A empresa deve promover a fusão de seus serviços informativos de TV e rádio do Reino Unido com o objetivo de poupar 630 milhões de euros.

Crédito:Wikimedia commons
Cerca de mil postos de trabalho devem ser cortados pela BBC

De acordo com o jornal britânico The Telegraph, a iniciativa consiste em eliminar as "distintas estruturas de canal da empresa e reformulando as divisões de conteúdo e audiência da organização de mídia”.

Segundo o Guardian, a reorganização também resultará em cerca de mil cortes em toda a sua operação internacional. As demissões ainda não foram anunciadas formalmente e nem confirmadas pela BBC. 

Os rumores dos cortes surgiram depois que o governo do primeiro-ministro David Cameron anunciou que reduzirá o financiamento da emissora. O diretor-geral da BBC, Tony Hall, deverá fazer um anúncio sobre as mudanças antes da Páscoa. 

Na semana passada, a empresa, que detém os jornais The Independent e The Independent on Sunday anunciou oficialmente que acaberá com as versões em papel para se concentrar exclusivamente no digital.

Leia também