Comentarista da Fox News é detido por fraude após afirmar ser ex-agente da CIA

Redação Portal IMPRENSA | 16/10/2015 14:00
O comentarista Wayne Simmons, do canal Fox News, que alegava ter trabalhado na CIA de 1973 a 2000 como "paramilitar de grupos de operações especiais no exterior", foi preso por fraude na última quinta-feira (15/10).

Crédito:Reprodução
Simmons responderá por falsas declarações ao governo

De acordo com a Agência Reuters, o Ministério Público dos Estados Unidos desmascarou o comentarista a partir de dados que ele preencheu em documentos oficiais do governo quando buscava emprego e licenças de segurança especiais. 

O comentarista dizia ter liderado operações secretas contra alguns dos cartéis de drogas contrabandistas durante seus 27 anos de serviço. Ele chegou a publicar as informações em seu site pessoal.

Por conta das "especializações" que afirmava ter, atuou como um dos especialistas em terrorismo consultados pelo canal de notícias da rede Fox desde 2002 e foi contratado pelo governo americano para prestar consultoria militar. 

O processo também alega que Simmons fraudou uma vítima em cerca de 125.000 dólares, ou mais de 475.000 reais, com um investimento imobiliário falso. No entanto, não foram divulgados detalhes sobre o caso. 

A CIA informou que está trabalhando com o Departamento de Justiça americano para esclarecer o caso. Simmons foi preso e deve responder pelas falsas declarações ao governo, fraude eletrônica e contra os EUA.

Leia também