Repórter da BBC leva cantada durante matéria ao vivo sobre assédio sexual

Redação Portal IMPRENSA | 26/09/2015 13:45

A repórter da BBC, Sarah Teale, estava filmando a passagem para uma matéria sobre assédio sexual numa rua em Nottingham, na Inglaterra, quando acabou sendo alvo de uma cantada.


Crédito:Reprodução
Sarah Tale comprovou sem querer o tema da reportagem

De acordo com Mashable, ela dizia que um estudo on-line tinha revelado que, 95% das mulheres afirmaram ter sido perseguidas, perturbadas ou ouvido obscenidades na rua. Então, de repente, ela foi surpreendida pela cantada com tom obsceno de um homem.


A fala do intruso, censurada pela emissora, fez com que a jornalista fizesse uma pausa na reportagem e dissesse: "Sim, desse jeito!".


Sem querer, Sarah provou que a pesquisa estava correta. Após a matéria ir ao ar, ela comentou o caso em sua conta no Twitter: "Ironia - relatando como 95% das mulheres são vítimas de assédio verbal e um homem grita obscenidades sexuais para mim".


Assista ao vídeo:


BBC journalist Sarah Teale gets sexual obscenities shouted at her while filming a report about harassment of women...

Posted by BBC Radio Nottingham on Sexta, 25 de setembro de 2015


Leia também

- BBC planeja lançar serviço de streaming similar ao Netflix nos EUA
- Apresentador da BBC se surpreende com baleia azul durante entrevista ao vivo
- BBC planeja se transformar em emissora "aberta" e colaborativa com os rivais