Jornalista famoso por criticar governo do Sudão teme deportação

Redação Portal IMPRENSA | 04/09/2015 17:00
O jornalista sudanês Waleed al-Hussein al-Dood, preso há mais de um mês sem acusações na Arábia Saudita, disse na última quinta-feira (3/9) que teme ser deportado para o Sudão. O seu blog Al-Rakoba  é conhecido por fazer duras críticas ao governo do país.

De acordo com o Sudan Tribune, o jornalista está preso desde o último dia 23 de julho e seu acesso a um advogado foi negado. Ele vive há quinze anos na Arábia e teme uma possível represália do governo sudanês por conta de seu blog, criado em 2005 e que denuncia corrupção e abusos dos direitos humanos no Sudão. 

"Estamos extremamente preocupados com a segurança de Waleed al-Hussein al-Dood, já que ele deve ser forçado a voltar para o Sudão. Ele tem o direito de acesso ao seu advogado e, principalmente, saber a razão pela qual está preso", disse o coordenador para África e Oriente Médio da Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ), Sherif Mansour.