Hillary Clinton abandona coletiva após saber que é investigada pelo FBI

Redação Portal IMPRENSA | 19/08/2015 10:00
Na última terça-feira (18/8), a candidata à nomeação democrata para as presidenciais dos Estados Unidos, Hillary Clinton, abandonou uma coletiva de imprensa após a NBC revelar que o FBI investiga o servidor pessoal dela, usado para se comunicar enquanto chefiava a política externa dos EUA.
 
Crédito:Reprodução
Hillary Clinton deixou a coletiva após irritação com perguntas sobre investigação do FBI

Segundo a Agência O Globo, Hillary já havia admitido que houve uma tentativa de apagar o conteúdo do servidor, mas não esclareceu qual o motivo. Durante a entrevista, ela disse que o fez por conveniência, mas que "acabou não sendo conveniente" pela repercussão do caso.

"Seja uma conta pessoal ou de governo, não enviei material confidencial, e nem recebi nada do tipo", alegou. No entanto, investigadores do departamento e federais já identificaram envio de mensagens com material da CIA e da NSA.

"Dizem que limpei o servidor. Com um pano ou o quê?", ironizou Hillary, antes de se irritar com outros questionamentos sobre o caso dos e-mails e deixar a coletiva. Funcionários próximos à investigação afirmaram que o Departamento de Estado liberará mais informações sobre o episódio.

Assista ao vídeo:



Leia também