Correspondente internacional da RedeTV! escapa de tiroteio em Trípoli

Redação Portal IMPRENSA | 29/08/2011 18:10
O jornalista brasileiro Franz Vacek escapou, na última sexta-feira (26), de uma emboscada armada por mercenários pró-Kadafi ao sul de Trípoli, na Líbia. O carro em que ele estava foi atingido por vários tiros de metralhadora. Ninguém se feriu. As informações são da assessoria da emissora da própria emissora.

Na sexta-feira (19), Vacek foi convidado por um dos líderes do grupo rebelde para participar das operações de busca aos mercenários que ainda tentam defender posições estratégicas do antigo regime. Vacek desembarcou em Djerba, na Tunísia, na última segunda-feira (22), mas ao tentar passar pela fronteira em Ras Ajdir, foi barrado.

Durante viagem para o sul, na região montanhosa de Nafusa, onde conseguiu cruzar a fronteira para a Líbia, o carro em que Vacek viajava foi alvo de uma emboscada dos franco-atiradores de Kadafi. Ninguém que estava no carro foi atingido.

Vacek é correspondente da RedeTV! na Europa, sediado na França, mas já viajou para fazer diversas coberturas especiais. Recentemente, esteve no Cairo reportando conflitos que derrubaram o regime do ditador Hosni Mubarak; também fez a cobertura do Haiti, onde registrou o terremoto que destruiu parte do país e em Fukushima, cobrindo os efeitos do tsunami que assolou a costa japonesa.

A íntegra da reportagem será exibida nesta segunda (29), no RedeTVNews, a partir das 21h20.