Humberto Pereira deixa Globo Rural após 37 anos

Redação Portal IMPRENSA | 27/11/2017 09:17
O jornalista Humberto Pereira, editor-chefe do Globo Rural desde a primeira edição do programa em janeiro de 1980, deixará a Globo em 31 de dezembro. O substituto de Pereira será Lucas Battaglin, chefe de reportagem. A informação é Daniel Castro.
Crédito:Reprodução UOL
Segundo as informações do “Notícias da TV”, o chefe de redação Gabriel Romeiro, também deixará o dominical. 

"Numa dessas coincidências que explicam tudo, Lucas Bataglin era estagiário quando Gabriel Romeiro chegou para liderar o jornalismo da TV Bandeirantes em 1974. Gabriel gosta de lembrar que ajudou na formação de Lucas, que, depois de uma passagem por outras emissoras, aportou na Globo, onde mais tarde encontrou o mestre. Em pouco tempo estava formado o trio que durante tanto tempo liderou o Globo Rural. Caberá ao Lucas  a missão de comandar o Globo Rural a partir de 1º de janeiro de 2018", anunciou Ali Kamel, diretor-geral de jornalismo da Globo, em comunicado interno distribuído na semana passada.

"Na nossa conversa, eu disse a ele [Pereira] que esse momento um dia chega, e chegará para todos nós. Muitos vão curtir a vida, se dedicar à família; Humberto fará tudo isso, mas deixou claro que continuará trabalhando com a mesma dedicação, a mesma energia e a mesma criatividade em algo que ainda não sabe o que é", relatou Ali Kamel no comunicado. 

"[Humberto Pereira] Ajudou a criar o Bom Dia São Paulo, inaugurando um novo horário para o telejornalismo, 40 anos atrás. No final de 1979, recebeu a missão que marcaria a sua trajetória e a da Globo. O projeto do Globo Rural trouxe uma novidade para as telas da TV: informação sobre o campo para o público da cidade. Na redação, entre risos, os colegas apelidaram o novo programa: era o Mandioca News. Humberto achava graça", escreveu Ali Kamel na despedida do jornalista. 

"De um longínquo janeiro de 1980 até hoje, Humberto cuidou de todos os detalhes: das cartas em papel que ainda chegam à redação pedindo dicas sobre hortas caseiras ao planejamento de séries memoráveis, inclusive para outros programas, que levaram o telespectador aos rincões do Brasil e do mundo. A última delas a viagem pelo Rio Nilo, que Sonia Bridi e Paulo Zero levaram ao ar no Fantástico, um projeto que Humberto concebeu lendo os maiores egiptólogos do século 20”, completou Kamel.