Wianey Carlet é demitido do Grupo RBS após ofender Paulo Sant'Ana ao vivo

Redação Portal IMPRENSA | 01/08/2017 11:46

O jornalista Wianey Carlet foi demitido do Grupo RBS de comunicação nesta segunda-feira, 31, depois de ofender Paulo Sant'Ana, jornalista gaúcho que morreu há duas semanas. Ao vivo na Rádio Gaúcha, e sem saber que estava no ar, Carlet afirmou que "não sentiu" a partida do colega porque o achava "muito filho da puta".

Crédito:Reprodução

Sant'Ana era muito querido pela torcida do Grêmio, clube para o qual ele torcia, por isso a repercussão do episódio foi muito grande. Muitos torcedores nas redes sociais se revoltaram e exigiram a demissão de Carlet. Alertado que estava ao vivo na Rádio Gaúcha, o jornalista tentou se retratar e afirmou que se tratava de "uma brincadeira".


Carlet ficou conhecido nacionalmente por uma coluna escrita em 2009, quando disse que o futuro diria quem era melhor entre os atacantes Lionel Messi, já à época o principal jogador do Barcelona campeão europeu naquele ano, e Taison, que jogava no Internacional. 


Saiba mais:

Felippe Facincani é condenado a pagar por ofensas a dirigentes do Palmeiras em áudio vazado

Kennedy Alencar perde ação movida contra Editora Abril e ex-blogueiro da Veja

Jornalista que disse que "índio bom é índio morto" é condenado a pagar R$ 50 mil