Jornalista cria ferramenta para medir impacto de notícias

Redação Portal IMPRENSA | 07/07/2017 14:31

Uma ferramenta criada pelo jornalista Pedro Burgos se propõe a medir o impacto que uma matéria jornalística consegue causar na sociedade. O programa, criado em parceria com o Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (Projor), já está em uso por Gazeta do Povo, Folha de S. Paulo, Veja, Nexo e Nova Escola.

Crédito:Facebook/Reprodução

O Impacto.Jor cria um bot que lê páginas de sessões de câmaras municipais, assembleias legislativas e do Congresso, além de redes sociais dessas casas e de pessoas consideradas influenciadores de opinião, para registrar os dados. Em um segundo momento, um “editor de impacto” para aferir o tamanho do impacto causado por uma reportagem, seja positivo ou negativo, e classificar de uma a três estrelas o tamanho da repercussão.


“A ideia é entender como a reportagem reverbera no debate público. Queremos provar ao leitor que temos importância na democracia, e isso é importante inclusive para a auto-estima do jornalista. Não se trata de ganhar apenas assinaturas, mas sim ganhar apoio à nossa missão, membros para a comunidade”, disse Burgos ao Centro Knight.


Clique aqui para mais informações.


Saiba mais:

Estadão cria ferramenta para mostrar o custo da corrupção no Brasil

Google lança em São Paulo o NewsLab, programa de treinamento para jornalistas e estudante

ANJ e Centro Knight promovem curso online e gratuito de checagem de informação