Câmara de SP inaugura estátua em homenagem a Vladimir Herzog

Redação Portal IMPRENSA | 26/10/2016 15:30
A Câmara Municipal de São Paulo inaugurou na última terça-feira (25/10) uma estátua em homenagem ao jornalista Vladimir Herzog, morto há 41 anos, nas dependências do DOI-CODI durante o regime militar. 

Crédito:Agência Brasil

Segundo o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo (SJPSP), a estátua foi desenhada originalmente pelo artista plástico Elifas Andreato, por encomenda da Organização das Nações Unidas (ONU) para um prêmio especial, distribuído em 2008, para celebrar os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Andreato chamou a obra de Vlado Vitorioso.

O filho de Vlado e diretor do Instituto Vladimir Herzog, Ivo Herzog, reforçou a importância de disputar os espaços públicos, trazendo a memória da luta contra ditadura. “As novas gerações estão sempre chegando e elas precisam conhecer essa história. Não podemos ficar cometendo os mesmos erros do passado”, disse.

Leia também: