Em fase de reestruturação, "Veja" demite Carlos Graieb e Marco Antonio Villa

Redação Portal IMPRENSA | 14/07/2016 09:00
Além da jornalista Vera Magalhães, editora da coluna "Radar", a revista Veja decidiu dispensar outros dois colaboradores. O redator-chefe Carlos Graieb e o historiador Marco Antonio Villa, comentarista da TVeja, não integram mais a equipe da publicação.

Crédito:Reprodução/TVEja
Carlos Graieb e Marco Antonio Villa foram demitidos de "Veja"

Em seu blog pessoal, Villa informou que foi comunicado na última quinta-feira (7/7) que não participaria mais do programa "Sem Edição". Segundo ele, Silvio Navarro, que dirige o projeto audiovisual do site, disse que o desligamento teria sido motivado por uma reestruturação.

“É de conhecimento público que a revista Veja passa por sérios problemas financeiros e que está reestruturando o seu quadro de jornalistas e colaboradores. Registro que não tive nenhum contato com o novo diretor de redação, que sequer conheço. Quando cheguei a Tveja foi através de Eurípedes Alcântara, então diretor de redação".

O historiador destaca que sua colaboração no canal, que começou em 2010, sempre foi "muito bem avaliada". Diz ainda que suas participações tinham "excelente audiência" e espera que a Veja permaneça no "caminho da defesa da democracia, da liberdade e do enfrentamento do que o ministro Celso de Mello chamou de projeto criminoso de poder".

Vera Magalhães e Carlos Graieb foram dispensados na última segunda-feira (11/7). Mauricio Lima assumiu o cargo da jornalista, em parceira com Severino Motta e Natália Viri, que já integravam a equipe da coluna.

No fim do ano passado, a Veja demitiu colaboradores conhecidos, como Ricardo Setti e Rodrigo Constantino. À época de sua demissão, Constantino disse que a revista "sucumbiu ao PT". 
 
Leia também