Funcionários da TV Alterosa decidem por paralisação após atraso salarial

Redação Portal IMPRENSA | 03/12/2015 17:30
Durante assembleia realizada nesta quinta-feira (3/12), funcionários da TV Alterosa, do grupo Diários Associados, decidiram realizar duas paralisações na próxima segunda (7/12) caso a empresa não pague a primeira parcela do 13° salário e deposite o adiantamento até o quinto dia útil deste mês (5/12). 

Crédito:Aloísio Morais
Trabalhadores podem paralisar atividades caso não recebam salários

Em comunicado, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (Sjpmg) informou que as duas paralisações acontecerão no mesmo dia, a primeira às 10h e a segunda às 16h. Segundo o órgão, cerca de 80% do quadro de funcionários da TV Alterosa esteve na assembleia. 

Ainda na reunião, o presidente do Sjpmg, Kerison Lopes, comentou sobre a reunião realizada na última quarta (2/12) no Ministério do Trabalho com os representantes dos Diários Associados. Segundo ele, o encontro pedido pela própria empresa gerou surpresa pelo fato de a diretoria do grupo não ter apresentado nenhuma proposta ao sindicato. 

"Mesmo com todo esforço de diálogo com a empresa, durante um ano e meio, que resultou em 37 mediações no Ministério do Trabalho, os problemas continuam. A expressão mais grave disso é o atraso no pagamento do 13º", comentou Lopes, que também questionou a "enigmática situação financeira" do grupo, que recentemente vendeu todo o seu patrimônio no Nordeste, a rádio no Rio de Janeiro e alugou "de forma irregular" a Rádio Guarani. 

"Neste momento só a mobilização impedirá que os trabalhadores sejam punidos pela irresponsabilidade na administração da empresa. Qualquer redução de salários tem que começar pelos condôminos, que têm salários milionários", concluiu.