De saída do "CQC", Ronald Rios critica exclusão de sua matéria em retrospectiva

Redação Portal IMPRENSA | 30/12/2014 11:30
De saída do "CQC", o repórter Ronald Rios usou seu perfil no Twitter para criticar a retrospectiva do programa exibida pela Band na última segunda-feira (29/12). O humorista criticou a ausência da matéria especial que ele gravou na Faixa de Gaza, em agosto deste ano.

Crédito:Divulgação
Para ex-repórter do programa, emissora "reescreveu" o passado

"Tô puto da vida. Hoje tem especial dos melhores momentos do ano do CQC e a Band deletou dele a matéria de Gaza. Eles reescreveram o passado", postou Rios. Em seguida, continuou suas críticas à Band: "É f*** admitir que me mandaram embora depois de eu ter feito isso por vocês. Mais fácil fingir que eu não existi".

Rios estendeu suas críticas também ao Instagram. "Isso não se faz. Fizemos um grande trabalho e arriscamos nossas vidas. Mas aí, não passar a matéria não significa nada. O povo viu. E tá na internet até a Terra explodir", escreveu. A reportagem em questão mostrou cenas do epicentro da guerra entre Israel e Palestin e chegou a gerar críticas da comunidade judaica no Brasil.

Em novembro, Rios também usou as redes sociais para falar sobre sua demissão do programa. Na ocasião, ele diz que ficou sabendo através da internet. "Abriu o UOL e foi demitido. Não é assim nas melhores empresas? A sua demissão chega online!", postou.

Leia também