Projeto da Editora Abril sobre AIDS envolverá suas 48 marcas, diz responsável

Maurício Kanno | 11/12/2013 19:00
O grupo Abril finaliza neste ano a gestação interna de um projeto que foi batizado de “Atitude Aids – Abril”. Por enquanto, há apenas o engajamento interno das equipes, mas suas revistas se preparam para produzir conteúdo sobre a doença em 2014 nas possíveis oportunidades, de acordo com o perfil de cada publicação. 

Crédito:Alf Ribeiro
Projeto da Abril produzirá diversas pautas sobre o tema AIDS

João Ricardo de Abrahão, assessor da presidência do Grupo Abril, está cuidando do projeto e diz que foi uma feliz coincidência IMPRENSA ter organizado o ‘Fórum AIDS e o Brasil”, nesta quarta-feira (11/12), enquanto a editora está se preparando para lançá-lo.  

Ele diz que faz parte da missão da editora é dedicar-se a causas como esta e ajudar no processo da mídia falar deste assunto na tentativa de prevenir a doença. No entanto, ele revela que antes era importante trabalhar o tema internamente, visando até quebrar preconceitos comuns. As atividades relacionadas incluíram exibição de vídeos no auditório e palestra com a sexóloga Laura Müller, da qual até os filhos dos funcionários foram convidados. 

Segundo Abrahão, desde 2012 havia conversas a respeito, mas colocar em prática com todos os planejamentos era difícil. Seja como for, ele afirma que não será uma questão obrigatória. “Talvez uma revista que trabalhe mais com sexo e comportamento, por exemplo, possa publicar mais matérias a respeito; outra, pelo perfil, apenas uma”, reflete. 

Houve outros projetos que uniram mais de uma marca da revista, como a questão cardíaca. Já houve comparações também com os projetos “Educar para Crescer” e “Planeta Sustentável”, que também reúnem diversos núcleos da editora. “Mas é muito raro um como este, que tem mil perninhas”, diz o assessor da presidência da Abril.