SJSP quer acompanhar transição no comando do “Diário de S.Paulo” e Rede Bom Dia

Redação Portal IMPRENSA | 11/09/2013 11:30

A direção do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo (SJSP) quer procurar nos próximos dias os representantes da Cereja Comunicação Digital, que adquiriu na semana passada os jornais Diário de S.Paulo e Bom Dia, que eram comandados pelo grupo Traffic.

Crédito:Reprodução
Entidade quer garantir emprego dos jornalistas

“O SJSP vai acompanhar a transição deste processo que, neste caso, é diferente do que aconteceu quando a Traffic comprou o título Diário de S.Paulo. Naquela oportunidade, todos os trabalhadores foram demitidos e contratados pela nova empresa. Agora, todo o grupo foi vendido, o que não altera a razão social e o contrato de trabalho dos jornalistas”, afirmou José Augusto Camargo, presidente da entidade.

Segundo o Sindicato, o acordo anteriormente assumido entre o grupo Traffic e o SJSP garante o emprego dos trabalhadores até o dia 31 de dezembro, exceto dos que tenham sido demitidos antes das negociações. Estes terão seis meses de convênio médico assegurado.

Na edição da última segunda-feira (9/9) do Diário de São Paulo, o novo comprador, Mário Cuesta, exibiu o seu plano para os jornais. O empresário mostrou que acredita no trabalho jornalístico, realizado pelo profissional de imprensa. “A mídia digital não sobrevive sem mídia impressa, sem a confiabilidade do profissional, do jornalista que vai apurar a notícia, que vai dar a sua opinião. Certa ou errada. Não posso achar que ele vai acertar sempre. É a opinião dele. Não posso cercear. É isso que dá credibilidade e atrai o leitor. É ponto pacífico”.

Quanto à Rede Bom Dia, que possui cinco edições próprias (Bauru, Sorocaba, Rio Preto, Jundiaí e ABCD) e duas franquias (Itatiba e Marília), o empresário comentou a possibilidade de fazer crescer a rede. “Acho que nós temos de ampliar essa teia. Vamos fazer reuniões para ver como a gente equaciona isso. Não apenas mantê-la, como ampliá-la. Vamos definir essa estratégia e colocá-la em prática nos próximos meses”.

Leia também
- Após demissões, Rede Bom Dia pretende transferir jornalistas para o "Diario de S.Paulo"
- Rede Bom Dia anuncia mudanças no modelo de fechamento das publicações do grupo
- Terra e Rede Bom dia fecham acordo para disponibilizar conteúdo de jornais na internet