IMPRENSA lista oito jornalistas da ficção que inspiram mulheres nas redações

Lucas Carvalho

 
É comum ver jornalistas exercendo funções-chave no enredo de qualquer obra de ficção, seja na literatura, no cinema, ou mesmo nos quadrinhos. Mas assim como qualquer profissão “romantizada”, como detetives e advogados, os repórteres quase sempre são encaixados em estereótipos facilmente reconhecíveis. Quando se trata do sexo feminino, porém, a cartilha nem sempre é seguida à risca.

O fato é que a cultura popular tem uma fascinação por jornalistas mulheres. IMPRENSA listou oito personagens femininas da ficção que representam a categoria em diferentes perfis, em obras dos mais diversos gêneros.



1. Lois Lane
Crédito:Reprodução
Lois Lane


A eterna paixão de Clark Kent, o Superman, é uma das jornalistas da ficção mais famosas do planeta. Não é raro ver estudantes que se inspiram na figura curiosa, ousada e talentosa de Lois Lane. Repórter investigativa do fictício Planeta Diário, vencedora de prêmios Pulitzer e sempre engajada em investigações delicadas, Lois passa longe do estereótipo de “donzela em perigo”.

2. Miranda Priestly (“O Diabo Veste Prada”)
Crédito:Reprodução
Miranda Priestly


A editora-chefe da revista Runway no filme e livro “O Diabo Veste Prado”, é a típica chefe que ninguém gostaria de ter. Na obra de Lauren Weisberger, Miranda é, ao mesmo tempo, admirada e temida por todos os profissionais ao seu redor. Com exigências que beiram o absurdo (como conseguir um manuscrito inédito de um livro de “Harry Potter”), a jornalista quase leva sua assistente, Andy Sachs, à loucura. Seu objetivo, porém, é mostrar à jovem que excelência só pode ser alcançada com dedicação incondicional.

3. Zoe Barnes (“House of Cards”)
Crédito:Reprodução
Zoe Barnes


Repórter do fictício Washington Herald, a personagem vivida por Kate Mara na série da Netflix representa as inúmeras “focas” nas redações de todo o mundo. Agitada, jovem, ambiciosa e cheia de curiosidade – além de uma certa ingenuidade, o que acaba determinando seu destino na série – Zoe faz de tudo na redação do jornal para conseguir um grande furo e alavancar sua carreira profissional.

4. Bridget Jones
Crédito:Reprodução
Bridget Jones


A personagem que definiu uma gerações de jovens leitoras – e, por que não, jovens jornalistas? – ganhou seu primeiro livro em 1996. “O Diário de Bridget Jones” apresentava uma heroína bem longe dos perfis idealizados da época: cerca de 30 anos, problemas financeiros, profissionais e, principalmente, emocionais. Bridget refletia a carreira, os vícios, as discussões com a balança e tudo o que caracterizava o público feminino dos anos 1990 – um perfil de jornalista bem diferente de sua “contraparte” do século XXI…
 
5. Anastasia Steele (“50 Tons de Cinza”)
Crédito:Divulgação
Anastasia Steele


Se Bridget Jones representava uma mulher independente, mas emocionalmente frágil, a protagonista dos livros de E. L. James desconstrói o mito e apresenta outra representação da jornalista “moderna”. Ana é uma universitária de 21 anos que expõe todas as suas inseguranças durante uma entrevista, onde o lado pessoal da repórter acaba tirando de cena sua pos????? A7????¼??tura profissional. A eterna dualidade entre razão e emoção é o ponto de (des)equilíbrio da jornalista, envolvida em uma relação que sempre deixa a carreira para segundo plano.

6. Ellen Abbott (“Garota Exemplar”)
Crédito:Reprodução
Ellen Abbott


Uma das principais âncoras do jornalismo sensacionalista dos EUA exerce função fundamental no romance “Garota Exemplar”, da jornalista e escritora Gillian Flynn, que virou filme pelo diretor David Fincher em 2014. Ellen é apresentadora de um programa que explora casos policiais com conotação feminina – ou feminista – com forte apelo popular. De opiniões fortes e sempre defendendo os direitos das mulheres em primeiro lugar, Ellen guia o senso comum para onde a história levar: seja um “crime machista” ou um “drama familiar”.

7. Rita Skeeter (“Harry Potter”)
Crédito:Reprodução
Rita Skeeter


No universo místico dos livros de J. K. Rowling, o Profeta Diário é o principal ve????? A7????¼??ículo de comunicação para os bruxos e bruxas de Hogwarts. Rita Skeeter, vivida no cinema por Miranda Richardson, é particularmente interessada em revelar fofocas de celebridades do mundo da magia. Apesar de nem sempre escrever somente os fatos, a jornalista tem grande prestígio na imprensa mística, sendo autora da biografia oficial do próprio Harry Potter. Rita, porém, tira proveito de certas vantagens de ser uma “bruxa”: ela pode se transformar em um besouro e ouvir conversas privadas sem ser notada - uma habilidade extremamente útil em sua profissão.

8. Diana Christensen (“Rede de Intrigas”)
Crédito:Reprodução
Diana Christensen


A personagem vivida por Faye Dunaway – que, inclusive lhe rendeu um Oscar – é uma das mais marcantes neste clássico de 1976. Diana é uma produtora jovem e ambiciosa que enxerga uma saída ousada para a crise em que sua emissora vive. Exigente e obcecada pelo trabalho, a personagem faz de tudo para revolucionar a grade de programação da fictícia UBS e salvar a audiência do canal. Mesmo que, para isso, tenha de abrir mão da ética profissional e até mesmo de sua vida pessoal.

#Mulheresqueinspiram

*Com supervisão de Thaís Naldoni
 
Que mulher te inspira?
Conte para nós quem é e faça uma homenagem a ela.


Jornalistas de “alma feminina” escrevem para mulheres sob ponto de vista masculino


Mulheres em cargos de chefia comentam a ascensão e remuneração do mercado trabalho


Blogueiros de conteúdos masculinos viram leitores por um dia de publicações femininas


Páginas de beleza ganham novas adeptas e tornam próspera a profissão blogueira


Blogueiros "machões" viram leitores por um dia de publicações femininas


Blogs conquistam espaço ao dar voz às “esquecidas” pela grande mídia


As marcas e o legado do “furacão jornalístico” que foi Patrícia Galvão, a lendária Pagu
 
 
Que mulher te inspira?
Conte para nós quem é e faça uma homenagem a ela.
  Portal IMPRENSA  
   
  Notícias Revista IMPRENSA IMPRENSA Mídia

IMPRENSA na TV

Eventos Oficinas Anuncie Contato  
  Home Home Home Programas Home Cursos Home Editora  
  Opinião Assine Edição do Mês Canal no Youtube Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo Conheça + Portal IMPRENSA Redação  
  Especiais Edição do Mês     Prêmio SEBRAE de Jornalismo Descontos Revista IMPRENSA    
  PR Newswire Acervo IMPRENSA     Troféu Mulher IMPRENSA Regulamento IMPRENSA Mídia    
          Fórum Água em Pauta Contato      
          Fórum Liberdade de Imprensa        
          Fórum AIDS e o Brasil        
          Mídia.JOR        
                   


Imprensa Editorial Ltda.
R. Camburiú, 505 - 2º andar - Alto da Lapa | São Paulo/SP CEP 05058-020
www.portalimprensa.com.br | Tel: 011 3729 -6300/4800
.