Filme metalinguístico traduz a ansiedade sentida por estudantes em seu processo de graduação

História de TCC

Redação Portal Imprensa | 28/05/2020 09:56

Um filme metalinguístico foi o meio escolhido por Tom Freitas, Carolina Rosa, Claudio Rabello, Barbara Vianna e Samanta Linhares para traduzir a ansiedade sentida por eles mesmos e por outros estudantes em seu processo de graduação. A descrição de “Astenia” dá o tom deste curta-metragem: “Um grupo está em sua fase final de TCC, mas a ansiedade de cada um deles pode fazer com que o trabalho não saia do jeito que imaginaram”. 

Tom Freitas se graduou em Rádio, TV e Internet pela Fapcom - Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação, em 2018. Em entrevista ao Portal IMPRENSA, ele compartilha sua História de TCC.   

Sobre o trabalho


Nosso trabalho consistiu na produção de um curta-metragem com uma temática específica - a ansiedade sentida pelos estudantes em seu processo de graduação. A ideia foi criar um filme metalinguístico, para colocarmos em tela questões que estávamos passando no momento e que muitos estudantes passam todos os anos. Foi assim que nasceu "Astenia". Minha função foi a escrita do roteiro e a direção do filme.

Crédito:Reprodução / Youtube


Principais desafios ao longo da produção


Sem dúvidas, o principal desafio foi fazer com que determinados sentimentos que gostaríamos de transmitir se transformassem em imagens concretas. O desafio é particularmente maior quando se toca em um tema delicado como esse, porque temos também uma certa responsabilidade sobre o que estamos produzindo.


Os aprendizados


Foi um trabalho que fez com que todos os membros do grupo crescessem como acadêmicos. Isso porque, desde o início, tivemos que pôr em prática tudo o que aprendemos durante o curso, tanto as questões práticas quanto as teóricas. Foi um verdadeiro teste para nós, principalmente porque tivemos que lidar com o grupo e com um grupo de atores ao mesmo tempo. Particularmente, me transformei e aprendi muito durante o ano em que realizamos esse trabalho.


Significado dessa experiência


Fazer um trabalho de conclusão de curso é um momento raro em nossas vidas. Essa foi a primeira vez para mim e posso afirmar que cresci em muitos sentidos depois de que o trabalho estava pronto. O TCC é a prova de que todo seu esforço na faculdade valeu a pena, é um momento de mostrar que você realmente aprendeu e cresceu durante todos os anos em que passou lá. Então, além de ser a conclusão do curso, ele foi também a conclusão de um ciclo muito importante na minha vida Apesar de ter tenso em alguns momentos (o que é bastante normal), também é uma época da qual me lembro com muito carinho.


Contribuições que o trabalho trouxe


Atualmente, faço Mestrado em Cinema na Universidade da Beira Interior, em Portugal. Sem a experiência do TCC, com certeza não teria tanta segurança em dar continuidade à minha vida acadêmica. Ele foi um verdadeiro teste para que eu tivesse certeza de que estava preparado para o próximo passo.


Conselhos para quem está fazendo o TCC


Manter o foco. Os momentos ruins vão surgir, seja em um trabalho em grupo ou individual. É bastante normal ter dúvidas e desconfianças, mas é importante continuar seguindo em frente, mesmo que seja em passos curtos. Acho muito importante pensar no que esse trabalho pode te trazer, além da conclusão do curso em si. Por fim, nunca deixe de conversar sobre tudo com seu orientador. Confie no professor que escolheu e utilize toda a ajuda que ele pode te proporcionar para que você faça um bom trabalho.




                                            

Leia também:

“O que mais aprendi, evou levar para minha carreira, foi pesquisar”, diz o jornalista Lucas Limasobre seu TCC

Newlwtter