“Precisamos falar sobre temas que parecem comuns, mas não são”, diz Tainara Cavalcante, que fez o TCC sobre meningite

Gisele Sotto, em colaboração | 31/10/2019 10:50
Tainara Cavalcante decidiu abordar em seu TCC uma doença presente no Brasil que atinge mais de 15 mil por ano, segundo dados de 2018 do Ministério de Saúde. Sua série “Convivendo com a Meningite” é composta por três reportagens. 

Ela se formou em Jornalismo pela FAPCOM - Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação, em São Paulo, e em entrevista ao Portal IMPRENSA compartilha sua História de TCC.  
Crédito:Reprodução / TCC Tainara Cavalcante

Sobre o trabalho

Eu escrevi três reportagens sobre Meningite. A primeira conta histórias de pessoas que foram afetadas pela doença e como vivem; a segunda é um pequeno resgate histórico da maior epidemia da doença no Brasil, durante a ditadura militar; na terceira, eu falei um pouco sobre a polêmica das vacinas, de grupos que pedem por algumas vacinas que não estão no calendário, e o medo de surtos da doença, que é mais frequente em crianças.

Principais desafios ao longo da produção 

Tive um pouco de dificuldade de falar com o Ministério da Saúde, percebi que geralmente não gostam de responder a estudantes. Para construir as reportagens, tive que recorrer a LAI para obter respostas consistentes. Também senti dificuldade em encontrar exemplos de reportagens sobre saúde. Encontrei mais notícias e notas.

Os aprendizados

Aprendi bastante sobre jornalismo de saúde, uma área pouco explorada. Há muitas bases de dados que são fontes para as reportagens sobre saúde. Eu me descobri nesta área. Também aprendi muito com as pessoas que entrevistei, o que me mostrou quanto o jornalismo vale a pena. Conheci pessoas que passaram pela doença e encararam de forma incrível.

Significado dessa experiência 

Eu tive meningite quando criança, tenho sequelas no meu corpo, no meu joelho, debaixo do braço e até no rosto. Mas até pouco tempo, eu não conhecia direito a doença. Então pensei: "por que será que eu não conheço a doença?". A meningite é contagiosa, atinge mais de 15 mil pessoas por ano e pode ser fatal. Por que as pessoas não sabem "explicá-la" direito? Percebi que o jornalismo de saúde é necessário, essa foi a minha maior motivação para escrever sobre o tema.

Conselhos para quem está fazendo o TCC agora

Todos nós sabemos que falar sobre drogas, sobre causas minoritárias ou sobre guerras é importante, e que bom que estão falando sobre isso! Mas também precisamos falar sobre coisas que não estão sendo faladas, sobre temas que parecem comuns, mas não são. Sobre coisas que possam contribuir para a sociedade, em outras palavras, prestar um serviço. É importante também que esse "serviço" seja acessível, como conteúdo para web, série de vídeos, eventos. O conselho que dou é que não pensem apenas como um trabalho de conclusão de curso, mas como um conteúdo jornalístico.

Leia as reportagens da série neste site.  

Leia também