“Meu TCC está muito presente no atual cenário político brasileiro”, afirma a jornalista Jordânia Bissolli

Gisele Sotto, em colaboração | 01/08/2019 12:13
Crédito:Arquivo pessoal
No caminho para definir o tema do seu TCC, Jordânia Bissolli tinha a ideia de pesquisar sobre um dos períodos mais marcantes do Brasil, a Ditadura Militar. O nome de Vladimir Herzog, e o interesse em analisar como foi noticiada sua morte, surgiram após indicações e a pesquisa acabou tendo ampla repercussão na mídia. 

Com base na teoria do "gatekeeper", Jordânia lembra que "no período ditatorial, a linha editorial dos jornais era obrigatoriamente sujeita a análise e censura prévias, principalmente no que se referia a morte de Vlado e aos crimes cometidos pelos oficiais".

Ela se formou em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove), no final de 2018, e aqui compartilha um pouco de sua História de TCC. 

Sobre o trabalho

Minha pesquisa tem como objetivo demonstrar como foi noticiada a morte do jornalista Vladimir Herzog pelos jornais Unidade do Sindicato dos Jornalistas, Folha de S.Paulo e O Estado de São Paulo, de 25 a 30 de outubro de 1975 (na semana de sua morte).

A morte do jornalista foi um acontecimento noticioso ligado a fatos políticos, durante o período da ditadura militar. E constitui um marco nos capítulos da história do jornalismo. No TCC, busquei aprofundar a veracidade dos fatos, acontecimentos e informações divulgadas acerca da morte do jornalista Vladimir Herzog pelos veículos de comunicação.

Principais desafios ao longo da produção

O maior desafio foi definir o tema, pois, já tinha ideia de pesquisar sobre um dos períodos mais marcantes do Brasil, a Ditadura Militar, porém não tinha definido o tema do TCC. Em uma conversa informal com uma colega de classe, a Thayna Bernardes, ela sugeriu o nome de Vladimir Herzog e o meu orientador do trabalho, o professor Renato Vaisbih, indicou os jornais Unidade do Sindicato dos Jornalistas, Folha de S.Paulo e O Estado de São Paulo para a pesquisa. Assim, o tema foi definido. 

Os aprendizados

Após a definição do tema, o processo da pesquisa foi realizado com muito empenho e dedicação, havia me afeiçoado pelo tema e pela história de Herzog, o que gerou uma grande inquietação em minha alma na busca por coletar dados, informações, e a verdade dos fatos. Na primeira etapa do TCC I, na apresentação do projeto e pesquisa, já havia praticamente finalizado o artigo do TCC II. 

Isso contribuiu para um grande aprendizado. Diante de uma sugestão, seja de um projeto de pesquisa ou de pauta, o estudante ou mesmo o jornalista podem estar diante de um grande desafio de executar um bom trabalho ou reportagem. Levarei a bagagem de conhecimento adquirido pela vida afora e ainda utilizarei a minha pesquisa no campus da pós-graduação, já que pretendo fazer ciência política.

Significado dessa experiência 

A experiência de produzir o TCC foi incrível, foi além das minhas expectativas, desde a produção e execução de um excelente trabalho, que realizei com muito orgulho. Mas a maior experiência foi a repercussão na imprensa e nas redes sociais, o que me possibilitou amadurecimento profissional e o contato direto com colegas jornalistas e leitores. Aprendi a lidar com as críticas, sugestões e opiniões contrárias, pois o meu TCC está muito presente no atual cenário político brasileiro, que divide-se entre o governo de extrema-direita e a oposição de esquerda. 

Contribuições que o trabalho trouxe 

Além ter sido aprovada e conquistado a nota máxima na banca, obtive resultados positivos. Meu TCC foi divulgado pela imprensa brasileira, o gerou repercussão na mídia e redes sociais. A matéria do Instituto Vladimir Herzog foi publicada pelo site do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo. Foi destaque no Portal Comunique-se, o que gerou repercussão no Jornal O Tempo e seis clippings. 

Tenho pensado seriamente em escrever um livro sobre TCC, sobre os desafios e conquistas pelas quais os estudantes passam nessa fase. Contando histórias e relatos de estudantes que passam por essa experiência, que pode ser muito gratificante, depende da forma como cada um vai enfrentar esta etapa.

Conselhos para quem está fazendo o TCC

Sei o tanto que pode ser estressante para o estudante que está prestes a terminar o curso, e o que o temido TCC pode causar em alguns estudantes, que nesse período acumulam atividades em sala de aula, estágio, projetos, provas, e muitos ainda trabalham para custear a faculdade.  

Não se apegue nas energias negativas e dificuldades, não esmoreça, analise um tema que você domina com amplo conhecimento e com o qual seu orientador também se identifica, pois é muito importante que a relação entre aluno e orientador seja recíproca e ambos estejam alinhados com o tema. O meu orientador, mestre Renato Vaisbh, teve um papel fundamental de despertar em mim o interesse pelo saber, fome de conhecimento e curiosidade pela história do jornalista Vladimir Herzog - tenho profundo apreço e respeito pela sua biografia. Dê o melhor de si, se empenhe, foque no seu objeto de pesquisa, faça do seu TCC o seu maior e melhor projeto. Acredite no seu potencial.

Confira a pesquisa neste link

Leia também