Opinião: "A chave para relacionamentos duradouros é mais simples do que você pensa", por Daniela Barbará

Daniela Barbará | 15/07/2019 11:42
Em entrevista para o site Business Insider, Mark Manson, o autor de "A Sutil Arte de Ligar o Foda-se", afirmou qual é o segredo para um relacionamento longo e duradouro. E é mais simples do que você pensa.
Crédito:Reprodução do vídeo do site Business Insider

Mark Manson: Se você olhar para um relacionamento, eu realmente acho que deveria ser o mais chato possível. E isso soa muito estranho para as pessoas, mas se você pensar sobre isso, um casal muito feliz de 80 anos que está junto há 60 anos, a razão pela qual eles estão juntos há 60 anos, não é porque eles levaram tudo esses jatos particulares e eles tinham essas férias loucas e "Oh meu Deus, olhe para as fotos deles". É porque eles puderam ser chatos juntos. Eles são capazes de passar ano após ano, sentados ao redor da casa, falando sobre as mesmas coisas chatas, assistindo TV, assistindo a filmes, preparando o jantar, e tudo correu bem. Não havia nada empolgante, não há nada explodindo, não há drama enorme e pratos voando.
 
Mas o que isso tem a ver com o nosso mundo de comunicação corporativa? Muito simples. Queremos e buscamos relacionamentos dos diversos tipos e públicos. Até mesmo um não-relacionamento deve ser considerado como tal. Um planejamento de comunicação demanda estratégia, análise de públicos, métricas, mensagens, metas, objetivos e avaliação e reavaliação contínua. Estamos indo na direção certa? Isso aqui está chato? Atendemos o que queremos com relacionamentos de médio e longo prazos com nossos clientes e com os clientes de nossos clientes?
 
Os relacionamentos permeiam as ações de comunicação e podem sofrer mudanças em maior ou menor nível a qualquer momento. Para isso, gosto muito de avaliar como no Ciclo PDCA, uma ferramenta de gestão que tem como objetivo promover a melhoria contínua dos processos por meio de um circuito de quatro ações: planejar (plan), fazer (do), checar (check) e agir (act).
 
Veja a íntegra da entrevista do Mark Manson.  

Crédito:Arquivo pessoal
Sobre a autora: Minha base profissional veio do jornalismo econômico impresso e online. Depois entrei no setor de comunicação corporativa e nunca mais parei. Parte do meu trabalho nos últimos anos foi encontrar oportunidades de levar a comunicação dos meus clientes aos seus públicos-alvos da melhor forma possível, sempre com o alinhamento de comunicação e de expectativas. Durante três anos intensos da minha vida trabalhei com aviação civil e aprendi na prática a arte do gerenciamento de crise e de viajar à trabalho. Acredito que a boa comunicação é capaz de mudar o mundo, as empresas e as relações entre pessoas. Há mais de vinte anos trabalho com comunicação das mais diversas formas. Participo há alguns anos do Comitê de Capital Humano na Câmara Sueca. Atuo há mais de quatro anos voluntariamente como coordenadora do Grupo de Trabalho de Recursos Humanos da Abracom. Ministro palestras, aulas e workshops sobre Gerenciamento de Crise e Assessoria de Imprensa para interessados no tema e alunos de graduação e pós-graduação. Dúvidas? Me escreve: danielabarbara2012@gmail.com

Leia também