Documentário aborda a questão de gênero no meio musical

Gisele Sotto, em colaboração | 02/07/2019 12:27
A admiração de Caio Ponciano pela cena musical pernambucana, e sua preocupação com a questão de gênero neste meio, o levaram a produzir “Elas São Música”, um documentário com o objetivo de “dar voz para as próprias artistas contarem suas respectivas histórias”. 

Em entrevista ao Portal IMPRENSA, este jornalista, que se formou em 2018 pela Faculdades Integradas Barros Melo (AESO), de Pernambuco, compartilha sua História de TCC. 
Crédito:Arquivo pessoal

Sobre o trabalho 

Por admirar a cena musical pernambucana e acompanhar diversas apresentações femininas, eu decidi produzir uma videorreportagem para a disciplina homônima, sobre mulheres na música, ainda no segundo semestre de 2017. Durante a produção desse trabalho e a partir de relatos das entrevistadas, eu pude observar que havia muito mais a ser dito e explorado sobre a questão de gênero em diversos âmbitos do meio musical, e foi assim que nasceu o projeto/documentário Elas São Música, já como meu Trabalho de Conclusão de Curso. 

Desde o princípio, a ideia foi aprovada e incentivada pela minha professora e orientadora Carolina Cavalcanti, que logo me orientou a ouvir mais o que as artistas e técnicas pernambucanas tinham a dizer sobre o assunto, em um processo de escuta e absorção. A escolha pelo documentário se deu por querer dar voz para as próprias artistas contarem suas respectivas histórias. Por este motivo, optei por um formato de depoimentos, nos quais as participantes responderam a algumas perguntas relacionadas às diversas problemáticas do tema proposto. 

Comecei a minha pesquisa com leitura de artigos, livros e matérias jornalísticas disponíveis na internet sobre o tema. Com algumas questões pertinentes em mente, comecei a pensar nos nomes das entrevistadas. Em um processo de “peneira”, cheguei a quatro nomes de diferentes estilos e áreas musicais. Convidei as rappers Nina Rodrigues, Weedja Lins e Ya Juste, do projeto Arrete, a roadie Julia Andrade, a cantora de música brega Michelle Melo, e a cantora e compositora Flaira Ferro. Fiz questão de explorar a história de cada uma das artistas na música e, sobretudo, na área e gênero musical em que elas estão inseridas. 

Principais desafios ao longo da produção 

Apesar da ajuda de alguns profissionais (na captação de imagens, edição), o trabalho foi individual. Então, o maior desafio foi exercer sozinho as funções de diretor, produtor e roteirista. Em pouco tempo, tive que pensar nos mínimos detalhes do documentário, desde a pré-produção até a finalização, para que tudo ficasse coeso e digno da aprovação da banca. Além disso, produzi um relatório, no qual apresentei o referencial teórico, descrevi todo o processo e apresentei o produto. 

Os aprendizados

O desenvolvimento desse projeto tornou-se um aprendizado, não somente no que se refere ao TCC, mas também uma realização pessoal, por não me prender apenas à teoria e ao que os estudiosos dizem, mas optar por produzir um conteúdo que me levou a campo, me fez escutar o que essas mulheres têm a dizer, o que me trouxe um repertório mais rico. 

Significado dessa experiência 

Conhecer um pouco da realidade dessas mulheres me levou a refletir sobre como a nossa sociedade se comporta diante dessas problemáticas. O meu propósito com esse projeto é fazer com que o mesmo aconteça com as pessoas que o assistam, promovendo assim a reflexão e incentivando o debate acerca desse tema, para que se mantenha sempre em pauta. Essa experiência foi importante por me transformar num profissional que vai querer sempre "tocar nas feridas" da sociedade, falando de assuntos que incomodam e geram debates. 

Contribuições que o trabalho trouxe 

Defendi o TCC no final do ano passado e fui aprovado com nota máxima, o que me instigou a fazer esse trabalho circular. No dia 16 de março deste ano, o documentário foi apresentado ao público do Recife pela primeira vez, no evento Rock de Mulher. Após a exibição, as pessoas elogiaram o trabalho e disseram que ele é necessário. Foi muito gratificante! Em breve, ele também será lançado na internet e nas redes sociais, em parceria com um jornal local. Tenho muitos planos para expandir esse projeto, mas que ainda estão no papel.

Conselhos para quem está fazendo o TCC 

São alguns. Primeiro, pense em fazer algo que você goste. O TCC é um processo árduo, então quanto mais você puder tornar isso prazeroso, melhor. Segundo, ouça com atenção as dicas do seu orientador, contribua com os encontros e isso vai fazer o trabalho fluir melhor. Terceiro, não perca tempo! O TCC exige muitos detalhes, então comece a produzi-lo o quanto antes, assim, minimiza um pouco o desespero dos últimos dias. E, por último, se prepare bem para a apresentação para ter bons argumentos e defender seu trabalho com maestria.

Confira abaixo o teaser do "Elas São Música", que irá estrear em breve no programa #TVPEnoar, da TV Pernambuco - canais 46.1 (Recife e RMR), 12.1 (Caruaru) e 13.1 (Petrolina).


Leia também