“O TCC tem uma simbologia, representa o profissional que você está se tornando”, diz o jornalista Ítalo Rômany

Gisele Sotto, em colaboração | 07/02/2019 10:43
Ítalo Rômany sempre gostou de jornalismo político e quis levar essa paixão para o seu TCC. Optou por discutir a relação patriarcal do regime “coronelista” e sua conotação nos dias atuais, e assim trouxe o conceito de “neocoronelismo”. 

Em entrevista ao Portal IMPRENSA, Ítalo compartilha sua experiência. Ele se formou em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em 2015. 
Crédito:Arquivo pessoal

Sobre o trabalho 

Como sempre gostei de jornalismo político, tive a ideia de discutir, diante das questões acadêmicas, algo que é inerente ao país inteiro, com grandes resquícios na região Nordeste, que é a relação patriarcal do regime “coronelista” durante a Primeira República (1889-1930) e sua conotação nos dias atuais. Assim, reformulamos e trouxemos o conceito de “neocoronelismo” a partir da análise do discurso proferido nas redes sociais de um dos candidatos a governador da Paraíba, nas eleições de 2014, diante da classificação que fizemos nesta exposição – que, neste caso, tinha relação com a manutenção do poder através dos laços familiares. Com os estudos, concluímos que o Coronelismo ainda é uma prática vigente em nosso país, dominando o poder não mais pela violência, mas sim pela relação da personalidade e do carisma do político com a população, além do uso midiático para perpetuação em cargos públicos. 

Principais desafios ao longo da produção

Eu passei um ano me dedicando ao TCC, juntando o tempo de elaboração do projeto, pesquisa e escrita da monografia. Acredito, pelo menos para mim, que o maior desafio, primeiramente, foi a própria pesquisa, o que exige, de certa forma, uma boa concentração e paciência, apesar de o tema que trabalhei ter uma vasta referência bibliográfica – o que às vezes mais atrapalha que ajuda. Outro ponto é a própria escrita da monografia, já que o TCC tem uma estrutura e um tempo aos quais o estudante precisa se adequar. Ter o apoio do orientador neste processo ajudou muito a enfrentar tais desafios. 

Os aprendizados

Enquanto jornalista, o trabalho me ajudou a fomentar meu olhar diante das perspectivas sociais no lugar onde vivo, já que as relações de poder existentes atualmente têm um vínculo intrínseco com a formação do Brasil e dos sujeitos que somos. O jornalista tem uma função social importante, que também passa por levantar tais discussões na sociedade. Mais ainda, ajudou a entender de fato qual o papel da mídia nessas circunstâncias, já que ponderamos sobre o encadeamento dos interesses econômicos e políticos no seu uso, onde, muitas vezes, os princípios sociais são deixados de lado.

Significado dessa experiência 

O TCC é um dos últimos processos da vivência acadêmica, pelo menos na graduação. Retrata o fechamento de um ciclo importante na vida de qualquer estudante. Mostra também uma maturidade, porque o TCC exige um esforço e dedicação maiores. Além disso, é a personificação de uma trajetória que naturalmente não se resume em um trabalho, mas que tem uma simbologia ao representar o profissional que você está se tornando. 

Contribuições que o trabalho trouxe 

O processo da escrita da monografia foi difícil e cansativo, mas esta perspectiva me ajudou a entender melhor as relações de poder, o processo midiático numa eleição. Publicamos um artigo em uma revista científica sobre o assunto, o que amplifica, de certa forma, a perspectiva sobre a temática. Ademais, foi fundamental para ampliar os estudos acerca das problemáticas sociais da região em que vivo, o que me estimulou a fazer um mestrado pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, concluído em 2018.

Conselhos para quem está fazendo o TCC 

O TCC não é um bicho de sete cabeças. Na verdade, o que aconselho primeiramente é escolher um tema que você tenha uma afinidade, já que terá que conviver diariamente com o projeto. Vão ter dias difíceis, cansativos, mas é preciso ter foco, paciência. Outra coisa importante é trabalhar com cronogramas. Já que o tempo para elaboração de um TCC é escasso, é necessário organização, tanto para a parte da pesquisa, quanto da escrita. 

Leia também