• Jornalista retrata em TCC situação dos "brasiguaios" no Paraguai dos anos 1950

    Jornalista formado desde 1991, Marcelo Dorneles Coelho concluiu o curso da UFRGS com uma análise teórico-jornalística do livro do repórter Carlos Wagner sobre os "brasiguaios", os brasileiros que sofreram "sem pátria" no Paraguai durante a ditadura instaurada nos anos 1950 naquele país.


  • Opinião: "O importante é expandir a comunicação", por Laura Maria Gluer

    Não raras vezes encontro ex-alunos, já formados há algum tempo na área da comunicação, desanimados e sem perspectivas com a falta de oportunidades de empregos formais do nosso mercado. Por outro lado, encontro também jovens profissionais, alguns ainda nem formados, desbravando seu próprio mercado, de forma criativa e inovadora. O que faz a diferença entre estes dois grupos? Alguns podem dizer que é sorte. Eu acredito que é visão empreendedora. 


  • Professor IMPRENSA lança 3ª edição com novas categorias

    O Portal e a Revista IMPRENSA lançam hoje (15/08), há dois meses do Dia do Professor, a 3ª edição do Professor IMPRENSA. O projeto, que conta com o apoio da Intercom e Jeduca, é uma homenagem aos professores e projetos que constroem o futuro da Comunicação no Brasil. 


  • TCC retrata função e faz projeção para futuro dos correspondentes internacionais

    Formada em jornalismo pela ESPM em dezembro de 2015, Giovanna Mazzeo concluiu o curso com um livro-reportagem sobre correspondentes internacionais. O TCC  'Correspondentes – Olhar brasileiro pelo mundo' buscou retratar a história dessa função e a recente evolução conquistada pelo avanço dos meios digitais.


  • Opinião: "O 'Fake News' também invade o esporte", por Leandro Massoni Ilhéu

    Não é de hoje que as falsas notícias, ou melhor dizendo, os boatos incipientes estão invadindo cada vez mais o espaço do jornalismo esportivo. E esses contratempos tem proporcionado erros diversos de comunicação na imprensa. Atualmente, o público ao ler uma matéria em um determinado site (que por vezes pode parecer confiável... eu disse: parecer) pode, infelizmente, cair no que é chamado peculiarmente de “o conto do vigário”.


  • "Fora da caixinha", TCC da Tangram Comunicação criou plano de comunicação para Eduardo Kobra

    Formada em 2016, a agência Tangram Comunicação foi criada pelas então alunas Andréia Alves, Bruna Graciani, Danielle Diogo, Janaina Kir, Mariana Alves e Thais Nabarretti, que cursavam o último ano de Relações Públicas na Faculdade Cásper Líbero. Juntas, elas trabalharam para criar um plano estratégico de comunicação para o muralista Eduardo Kobra.


  • Patrícia Paixão: O que NÃO fazer numa entrevista para estágio em jornalismo

    Muitos são os currículos enviados, poucos são os eleitos. E dos poucos chamados para a entrevista, apenas um conseguirá a sonhada vaga de estágio em jornalismo. A concorrência é enorme e, se você teve uma primeira vitória sendo selecionado para conversar com o empregador, vale todo empenho e cuidado para conquistar essa vaga.

  • "Não vai haver mudança no país pela educação, mas pela democratização da mídia", afirma Luiza Coppieters

    O debate “Vozes da Educação” foi promovido pelo Jeduca durante o 1º Congresso de Jornalismo de Educação, na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo, realizado no dia 29 de junho de 2017. Especialistas se reuniram para discutir o papel deles como fontes de reportagens e como eles enxergam o papel da imprensa na cobertura do tema. 


  • "A imprensa está sendo capaz de sensibilizar as pessoas a ponto de incomodar?", questiona Paula Miraglia sobre a abordagem de Educação

    A palestra “Editores e a educação como notícia” promoveu o encontro entre o editor do caderno “Cotidiano” da Folha de S.Paulo, Eduardo Scolese, a co-fundadora e diretora-geral do Nexo Jornal, Paula Miraglia, e o chefe de Produção de Rede na TV Globo, Nelio Horta, para debaterem o assunto. O encontro, moderado pelo gerente de conteúdo do movimento “Todos Pela Educação”, Ricardo Falzetta, foi organizado pelo Jeduca durante o 1o Congresso de Jornalismo de Educação, na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo, dia 29 de junho de 2017.


  • TCC de jornalista retrata "Projeto Escreve Cartas" do Poupatempo em Itaquera

    O jornalista Luiz Malheiros, de 23 anos, formou-se em 2015 no curso de jornalismo da Universidade de Taubaté (Unitau) com o livro-reportagem Entrelinhas – Histórias do Projeto Escreve Cartas em Itaquera. A obra narra a rotina desse projeto mantido pelo Poupatempo em algumas unidades paulistanas.


  • Jornalista inova em TCC ao escolher formato de quadrinhos em livro-reportagem

    Formado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp) desde 2013, Jean Monteiro escolheu fazer um livro-reportagem de jornalismo literário em quadrinhos no seu Trabalho de Conclusão de Curso. O jornalista explica que ele quis inovar no formato de seu TCC.


  • Opinião: "Não se faz economia na sala de aula", por Laura Maria Gluer

    Como formar comunicadores competentes sem excelentes professores? Esta é uma pergunta que precisa ser feita no cenário atual do ensino da Comunicação. 


  • Da novidade a experiência: Mari Palma, Sheila Magalhães e Joyce Pascowitch ganham Troféu Mulher Imprensa

    A 12ª edição do Troféu Mulher Imprensa, que aconteceu no dia 10 de julho, no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, reverenciou a nova e velha geração do jornalismo, nas mais diversas plataformas. De um lado, a estreante Mari Palma, apresentadora do “G1 em Um Minuto” da Rede Globo, era contemplada pela primeira vez, em sua carreira, na categoria “Repórter de Site de Notícias”: “Ano passado eu já fui indicada, também, e fiquei mega feliz, porque pensei: ‘Gente, quem sou eu?’”, disse a jornalista antes da premiação. Já em seu discurso, após receber o prêmio, Mari Palma, que está há nove anos na profissão, relembrou a sua trajetória e o desafio de ir para tela da televisão: “Na TV você é vista, como seu cabelo está, como a sua roupa está, se você engordou ou se está com olheira”, frisou.

  • Flavia Meirelles diz estar "cheia de orgulho" por prêmio no "Troféu Mulher IMPRENSA"

    Flavia Meirelles é formada em Jornalismo pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado) e pós-graduada em Comunicação com Mercado pela ESPM. Ela é a sócia-fundadora da agência Forma RP, na qual lhe concedeu o prêmio na categoria "Assessora de Comunicação de Agência" no Troféu Mulher Imprensa 2017.


  • Neivia Justa comemora prêmio e cobra equidade entre mulheres e homens na sociedade

    Neivia Justa ganhou na categoria “Assessora de Comunicação Corporativa” na 12ª edição do "Troféu Mulher IMPRENSA". Ela se formou em Comunicação Social na Universidade do Ceará em 1992, e desde então já foi apresentadora do jornal diário em sua cidade natal, colunista no jornal O Povo e logo depois foi para a área corporativa assim que chegou na capital paulista. "Eu vim pra São Paulo fazer uma pós-graduação em marketing, porque eu não queria casar e nem ter filho aos 23 anos, pois era o que acontecia lá no Ceará”, desabafa.