DESIGNERS DE INFOGRÁFICOS COMENTAM A IMPORTÂNCIA DO RECURSO VISUAL NO JORNALISMO
 
 
 
 

A convergência das mídias é um conceito fundamental no desenvolvimento da tecnologia. Encontrar novas maneiras de transmitir informação, mesclando e recriando as plataformas já existentes, é uma busca constante dos pesquisadores em comunicação. Assim, arte, design e jornalismo se misturaram para criar um dos gêneros informativos mais populares na TV, impressos e web: os infográficos.

A ideia por trás de um bom infográfico é apresentar um grande volume de dados, ou o passo a passo de uma história, de forma dinâmica e visualmente agradável. Além de jornalistas, designers e publicitários são os principais desenvolvedores desse tipo de conteúdo.

Mário Kanno, por exemplo, é formado em Publicidade e Propaganda pela Escola de Comunicação e Arte da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Hoje, ele é editor na Folha de S.Paulo e principal responsável pelas artes informativas do jornal.

“Não tem regra. Infográfico não é uma receita de bolo. Existe um padrão gráfico, um projeto, que serve para agilizar a produção. Mas a infografia varia muito. Depende da notícia, do que a pessoa quer mostrar. Não dá para colocar em uma fôrma”, afirma Kanno.

Segundo o editor, criatividade é importante, mas não é tudo. “Acho que mais importante é a preocupação com o leitor. Se o cara quiser fazer uma coisa bonita só por que ele quer apresentar um efeito novo, fazer alguma coisa diferente por que ele acabou de ver na revista, não vai dar certo. Infografista não é artista. Ele é um comunicador, um jornalista como qualquer outro, o compromisso dele é com o leitor”, diz o editor.

O processo: impresso X digital

Para Fabrício Miranda, diretor de arte da revista Superinteressante, é importante trabalhar com uma “miniequipe multidisciplinar”, de modo que profissionais de diferentes áreas possam contribuir com o projeto. Pensando nisso, é preciso avaliar também a plataforma em que o infográfico será inserido, buscando extrair os melhores recursos de cada mídia.

“Às vezes um conteúdo funciona bem no impresso, mas não funciona bem no digital, e vice-versa. No papel, a ideia é que o contexto seja mais aprofundado, uma coisa mais analítica. Na internet, a gente trabalha com conteúdos mais ágeis e atualizados, com interatividade, conforto, etc. Não é toda matéria que cobre todos esses aspectos e plataformas”, afirma.


Crédito:Divulgação
Fabrício Miranda, da revista INFO

Guilhes Damian foi editor de infografia do portal iG, onde conquistou uma medalha de ouro no prêmio Malojef, o principal da categoria no mundo, em 2012. O designer fez sua carreira exclusivamente com mídias digitais, jamais tendo trabalhado em impresso. Por isso, ele diz que é fundamental acompanhar a evolução da tecnologia e nas plataformas multimídia, como smartphones e tablets.

“Hoje, por exemplo, cresceu muito o acesso nos dispositivos móveis. Você tem que pensar numa maneira que as pessoas consigam ver seu infográfico no celular, ou no tablet. De repente você tem que correr atrás de uma tecnologia que permita isso. Você tem que estar antenado”, opina.

O recurso visual no jornalismo

“As pessoas não querem ler mais. Não é culpa minha”, brinca Mário Kanno. “Muitas vezes a gente pensa em contar histórias de maneira escrita, mas você não faz isso com seus melhores amigos. Quando você faz uma viagem, você mostra fotos, e não reúne a família em casa e entrega 50 folhas de papel para cada um ler”, acrescenta.

O editor da Folha diz que todo comunicador precisa entender a importância fundamental do recurso visual no jornalismo de hoje em dia. “Você tem que tratar o leitor como amigo, se comunicar e mostrar imagens. É uma linguagem feita para jornalistas, eles têm que conversar com o leitor, o ouvinte, no meio que seu público escolhe.”


Crédito:Reprodução
Guilhes Damian

Damian afirma que é um erro de muitas pessoas pensar que um infográfico é puramente feito de imagem. O conteúdo jornalístico bem apurado e de qualidade também é fundamental para conquistar o público. “Uma belíssima reportagem escrita, com personagens interessantes, tem o mesmo valor de um gráfico bem feito. Para mim, são só formas diferentes de contar uma história.”

“Muitas pessoas caem no engano de achar que um infográfico vai salvar uma pauta fraca. Se a história não for boa, se o assunto não for interessante, não tem magia no mundo que mude. Vai continuar sendo uma pauta ruim, porém com uma flor em cima”, acrescenta o designer.

Para Miranda, diretor da Super, a tão falada “crise na mídia” não é apenas financeira, mas também de identidade.  Nesse contexto, a infografia cumpre o papel de fornecer ao público um novo caminho, além de fortalecer o jornalismo com novos recursos de comunicação.

“As redes sociais, como o Instagram, estão mudando o senso estético das pessoas. E isso, obviamente, impacta na forma como as pessoas consomem mídia. Então, acho que a parte gráfica e visual tende a só melhorar e se tornar mais presente na comunicação”, opina.

 
   
 
 
  • “Há muitos humanos produzindo como robôs em redações”, afirma jornalista Sérgio Lüdtke
  • Tecnologia do iWatch é promissora, mas precisa amadurecer, analisa especialista
  • Google Glass se apresenta como ferramenta do futuro para profissionais da comunicação
  • Designers de infográficos comentam a importância do recurso visual no jornalismo
  • Editor de tecnologia passa um ano sem internet e se decepciona com experiência
  • Cursos e especializações em tecnologia podem ampliar horizonte de trabalho do jornalista
  • “Os jornalistas precisam construir uma mentalidade de segurança”, diz Altieres Rohr
  • “O móvel é parte do futuro do jornalismo”, diz especialista Fernando Firmino
  • Jornalistas usam novas ferramentas para filtrar boas pautas no universo do Big Data
  • Instagram lança hyperlapse e redações estudam utilizar ferramenta em vídeos
  • Cursos e especializações em tecnologia podem ampliar horizonte de trabalho do jornalista
  • Para especialistas, em breve, dois terços das matérias publicadas serão escritas por robôs
       
       
    Portal IMPRENSA              
     

    Notícias Revista IMPRENSA IMPRENSA Mídia

    IMPRENSA na TV

    Eventos Oficinas Anuncie Contato
    Home Home Home Programas Home Cursos Home Editora
    Opinião Assine Edição do Mês Canal no Youtube Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo Conheça + Portal IMPRENSA Redação
    Especiais Edição do Mês     Prêmio SEBRAE de Jornalismo Descontos Revista IMPRENSA  
    PR Newswire Acervo IMPRENSA     Troféu Mulher IMPRENSA Regulamento IMPRENSA Mídia  
     
        Fórum Água em Pauta Contato    
            Fórum Liberdade de Imprensa      
            Fórum AIDS e o Brasil      
            Mídia.JOR      
     


    Imprensa Editorial Ltda.
    R. Camburiú, 505 - 2º andar - Alto da Lapa | São Paulo/SP CEP 05058-020
    www.portalimprensa.com.br | Tel: 011 3729 -6300/4800
    .