Otimismo e reestruturação marcam retorno da revista Tititi pela Editora Escala

Marta Teixeira | 16/01/2019 10:45

Em um mercado marcado pela busca de alternativas para a crise, o anúncio feito na terça-feira (15) pela Editora Escala de que a revista Tititi voltará a circular foi um sinal promissor. A empresa promoveu uma reestruturação interna para assegurar a viabilidade financeira de seus negócios e o retorno da Tititi é o primeiro passo dessa retomada.

Crédito: Reprodução

Paulo Sapata, gerente de marketing e circulação da editora, explicou ao Portal IMPRENSA o processo que permitiu a retomada da publicação. "Uma forte reestruturação foi feita na empresa visando adequá-la à realidade que foi imposta de forma brutal ao mercado. Redução de quadros, enxugamento de custos, fortalecimento de atividades laterais, tudo isso pra adequar e reequilibrar as finanças da empresa visando a sua sobrevivência. Feito isso e tendo obtido sucesso na empreitada, sobrou espaço para o reinício de alguns projetos que tinham sido suspensos. Começamos com a volta da Tititi."


A nova realidade à qual Sapata se refere foi resultado direto da crise envolvendo a Editora Abril. Por causa disso, em agosto, a Escala anunciou o fechamento de cinco títulos. Além da Tititi, foram canceladas Minha Novela, Conta Mais, TV Brasil e 7 Dias.


"Quando do pedido de Recuperação Judicial feito pela Editora Abril e das consequências dessa atitude para todo o mercado, tendo em vista que o Grupo Abril detinha a única distribuidora nacionalmente organizada, era impossível se prever de forma minimamente segura o que poderia acontecer. Para a Escala, cuja receita de bancas tem peso enorme, ver os recursos provenientes desse canal serem congelados, significou que sua atividade principal seria financeiramente insustentável. Daí o motivo da interrupção de todos os títulos que dependiam exclusivamente das vendas em banca", explicou o executivo. 


O número de reestreia está previsto para estar nas bancas na quarta-feira da semana do dia 28 de janeiro, em São Paulo e no Rio de Janeiro, nas demais praças chegará ao longo da semana. A publicação mantém a periodicidade semanal e será produzida nos mesmos moldes anteriores com a jornalista Márcia Piovesan à frente da equipe.


"Existe um clamor muito grande pela volta de algumas revistas. Nossas expectativas são de que a Tititi mantenha o desempenho que vinha tendo ao longo de sua trajetória, uma campeã de vendas", finalizou Sapata.


Leia também:

Pesquisa sinaliza aumento dos investimentos em marketing e comunicação em 2019
CNN anuncia lançamento de canal em português no Brasil