Site da "Folha de S.Paulo" lança estratégia para valorizar anunciantes

Redação Portal IMPRENSA | 17/05/2016 14:00
Pessoas que utilizam bloqueadores de anúncios, chamados de adblockers, não têm mais acesso ao conteúdo digital da Folha de S.Paulo. A medida é uma forma de valorizar os anunciantes do site, que têm papel fundamental para a manutenção do veículo.

Crédito:Reprodução
Jornal quer prestigiar anunciantes que mantêm o veículo

O jornal explica que quem for assinante e estiver identificado como tal não terá nenhum problema para acessar as matérias da Folha. Já quem estiver navegando como visitante receberá a informação de que para usufruir do conteúdo é necessário desativar o bloqueador.

O anúncio que aparece na tela diz que “fazer jornalismo de qualidade exige recursos” e que “a publicidade é uma forma de financiamento importante para o jornal”. O diretor de circulação e marketing da Folha, Murilo Bussab, afirma que é uma questão de tempo para que outros provedores de conteúdo jornalístico também comecem a utilizar esse recurso.

O veículo é o primeiro brasileiro a adotar essa estratégia, que já é utilizada por outras publicações ao redor do mundo como Forbes, The Washington Post e The New York Times. Bussab lembra ainda a importância do meio digital para o jornalismo. “Os modelos de negócio do mundo digital estão no centro da estratégia de desenvolvimento da Folha, por isso nossa preocupação em estar sempre na vanguarda das novas iniciativas”.


Leia também
Após dois meses, "Folha de S.Paulo" realiza novos cortes na redação
Jornalista estreia blog sobre economia real na Folha.com
- Folha.com passa a hospedar blog sobre notícias da periferia de SP